Atualização do Boletim Epidemiológico em Currais Novos confirma mais 108 novos casos de Covid-19 e mais 4 mortes

O Boletim Epidemiológico Detalhado, que é produzido pela Sala de Situação do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Currais Novos, em parceria com a Residência Multiprofissional em Atenção Básica da UFRN, confirma na tarde deste domingo (25), mais cento e oito (108) novos casos de Covid19, totalizando 3506 casos registrados de 21 a 24 de abril e, infelizmente, mais 04 novos óbitos, totalizando 75 mortes causadas pelo novo coronavírus no município de Currais Novos.

26 de abril de 2021 - 13:58h

Morre o cantor Dedim Gouveia, vítima de covid-19

A covid-19 fez mais uma vítima no mundo artístico. Morreu na noite desta segunda-feira (19) o cantor José da Silva Gouveia, o Dedim Gouveia. Cearense, natural de Redenção, ele tinha 61 anos e estava internado desde o último dia 11 de abril, no Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, na Messejana. 

Conhecido por muitos como “Rei do xote”, Dedim Gouveia trilhou uma carreira de mais de 30 anos dedicados ao forró. Com seu estilo alegre, de letras irreverentes, fez sucesso nos palcos do Nordeste, com sua companheira inseparável nos palcos: a sanfona.

19 de abril de 2021 - 19:30h

Vacinação contra a gripe começa em 12 de abril no RN

O Rio Grande do Norte dá início na próxima segunda-feira (12) à campanha de vacinação contra a Influenza. A campanha, que é nacional, vai até o dia 9 de julho e a meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário: crianças, gestantes, puérperas, idosos com 60 anos e mais, povos indígenas, professores e trabalhadores da saúde. (Veja a lista com as datas mais abaixo).

No Rio Grande do Norte, a estimativa é de que seja imunizadas 1.319.147 pessoas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). O objetivo é reduzir as complicações, internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação.

1ª Etapa – de 12/04 a 10/05

Crianças (6 meses a < de 6 anos)

Gestantes

Puérperas

Povos indígenas

Trabalhadores da saúde

2ª Etapa – de 11/05 a 08/06

Idosos com 60 anos e mais

Professores

3ª Etapa – de 09/06 a 09/07

Comorbidades

Pessoas com deficiência permanente

Caminhoneiros

Trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário Passageiros Urbano e de Longo Curso

Trabalhadores Portuários

Forças de Segurança e Salvamento

Forças Armadas

Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade

População privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas

10 de abril de 2021 - 23:31h

Itep lança edital de concurso com 276 vagas e salários de até R$ 7,4 mil no RN

O governo do Rio Grande do Norte divulgou no diário oficial do estado deste sábado (10) o edital do concurso do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), com 276 vagas de nível médio e superior e salários que variam entre R$ 2.807,36 e R$ 7.440. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (12).

Do total de vagas, são 16 destinadas a pessoas com deficiência. Os cargos oferecidos são de perito criminal (área geral e específica), perito médico legista, perito médico legista na área de psiquiatria, perito odontolegista, assistente técnico forense, agente técnico forense e agente de necropsia, sendo os dois últimos destinados aos profissionais de nível médio e das demais para nível superior.

As vagas podem ser concorridas por profissionais de diversas áreas, tanto das ciências biológicas e da saúde, como das humanas e exatas, incluindo graduados em medicina, medicina veterinária, odontologia, biologia e biomedicina, meio ambiente, engenharia, arquitetura, física, análise sistemas, química, administração, contabilidade, economia, computação, farmácia, serviço social, biblioteconomia, psicologia e direito.

As vagas são distribuídas entre as cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros. As remunerações partem dos R$ 2.807,36 e podem chegar até R$ 7.440. No decorrer da carreira, o salário de um servidor do Itep-RN pode chegar a R$ 22.382,94 (dependendo da função), conforme o Plano de Cargos, Carreiras e Salário da categoria. Clique no Link.

10 de abril de 2021 - 23:26h

Espatáculo da natureza

A cidade de Mossoró tem chovido bastante nos últimos dias do mês de Março e nuvens carregadas deixou muitos temerosos. Confira os registros desse fenômeno da natureza que apesar de ser assustador, foi um espetáculo do céu.

Foto: Raissa Freire
30 de março de 2021 - 10:29h

Internações de jovens crescem até 500% no Brasil

Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

A Covid-19 rejuvenesceu no Brasil. Se em 2020 os mais afetados eram dos grupos de risco, principalmente entre os mais velhos, em 2021 o coronavírus passou a atingir e matar muito mais entre os jovens. É o que uma análise da Fiocruz confirmou: as internações de adultos e jovens por Covid explodiram, crescendo num ritmo muito mais acelerado do que no resto da população.

Entre o começo de 2021 e março, as hospitalizações cresceram 300% no Brasil. Entre pessoas de 40 a 49 anos, esse índice foi quase o dobro. Nas faixas de 30 a 39 anos e de 50 a 59 anos, ficou acima de 500%. Hoje, uma em cada cindo pessoas com Covid internadas em UTIs no país tem entre 18 e 44 anos, segundo a Associação Brasileira de Medicina Intensiva.

30 de março de 2021 - 10:14h

Covid-19: Pfizer deve entregar 13,5 milhões de vacinas até junho

A farmacêutica Pfizer deve entregar até 13,5 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus até junho. A expectativa é que os primeiros lotes cheguem entre abril e maio. A previsão foi apresentada em reunião hoje (29) entre o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e a presidente da empresa no Brasil, Marta Díez.

No total, o governo comprou 100 milhões de doses, com promessa de entrega por parte da farmacêutica em 2021. No terceiro trimestre, entre julho e setembro, a previsão é que sejam disponibilizadas mais 86,5 milhões de doses.

No encontro, o ministro da Saúde e a presidente da Pfizer no Brasil discutiram o cronograma de entregas e as demandas de infraestrutura e de logística de distribuição das vacinas pelo Plano Nacional de Imunização.

30 de março de 2021 - 10:12h

Quase 9 milhões de contribuintes enviaram declaração do IRPF

Nas quatro primeiras semanas de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, 8.992.283 contribuintes acertaram as contas com o Leão. Isso equivale a 27,6% do previsto para este ano. O balanço foi divulgado na tarde de hoje (29) pela Receita Federal, com dados apurados até as 11h desta segunda-feira.

O prazo de entrega começou em 1º de março e irá até as 23h50min59s de 30 de abril. Neste ano, o Fisco espera receber até 32.619.749 declarações. No ano passado, foram enviadas 31.980.146 declarações. O programa para computador está disponível na página da Receita Federal na internet. Quem perder o prazo de envio terá de pagar multa de R$ 165,74 ou 1% do imposto devido, prevalecendo o maior valor.

29 de março de 2021 - 20:53h

Cilindros de oxigênio começam a ser distribuídos para 50 municípios do RN; veja lista

Os 160 cilindros de oxigênio medicinal enviados pelo Ministério da Saúde para auxiliar no abastecimento das unidades de saúde do Rio Grande do Norte começaram a ser distribuídos para os municípios neste domingo (28). (Veja lista de municípios no fim).

A carga com o insumo desembarcou no estado no sábado (27). A governadora Fátima Bezerra (PT) solicitou em caráter emergencial a entrega de 450 cilindros ao Ministério da Saúde para lutar contra o desabastecimento após o aumento de internações por Covid-19 e a pressão nos leitos de críticos.

Os cilindros estão sendo distribuídos para os hospitais polos espalhados nas oito regionais de saúde e em seguida serão retirados pelos 50 municípios potiguares que se encontram com dificuldade de abastecimento.

A necessidade de apoio adicional com o insumo foi apontada em levantamento feito pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Consems/RN) em função do aumento do número de internações pela Covid-19.

Quando os cilindros secarem, os municípios levarão para serem reabastecidos nos hospitais polos, conforme contrato realizado com a White Martins. “O reabastecimento desses cilindros ficará por conta do governo do Estado através de um aditivo contratual que foi firmado para que a gente pudesse dar esse suporte aos municípios”, informou Maura Sobreira, secretária adjunta da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap).

Os cilindros são destinados aos municípios, porque, segundo o governo do RN, as unidades de saúde da rede estadual seguem com o abastecimento normal, conforme planejamento realizado desde o início da pandemia. Recentemente, houve um acréscimo de 25% no volume do produto fornecido pela empresa White Martins após o Poder Executivo acionar a Justiça.

O governo do RN oficializou ao Ministério da Saúde também a necessidade do envio de novos cilindros para atender as necessidades dos municípios. “Também solicitamos mais 300 concentradores e a instalação de mais 10 usinas de produção de oxigênio no Rio Grande do Norte”, disse a governadora Fátima Bezerra.

Com a chegada de mais cilindros, segundo o governo do RN, os municípios que enviaram a solicitação posteriormente serão incluídos na rota para receber o insumo.

Na sexta-feira (28), o Ministério Público Federal pediu ao Ministério da Saúde providências urgentes contra o desabastecimento de insumos como oxigênio medicinal e remédios do kit intubação no Rio Grande do Norte, Piauí, Pará e no município de Montes Claros (MG).

Concentradores
O RN já havia recebido 70 concentradores de oxigênio enviados pelo Projeto Gratidão de Manaus (AM), em um gesto de agradecimento aos pacientes recebidos por outros estados, entre eles o RN, quando a rede de saúde do Amazonas entrou colapso, no início do ano. Os concentradores são versões menores que os cilindros de oxigênio comprimido recebidos hoje e podem ser transportados pelo paciente durante o tratamento.

Municípios contemplados neste momento:
Polo de abastecimento: Hospital Regional Alfredo Mesquita (Macaíba)

Parnamirim
Macaíba
Extremoz
Polo de abastecimento Hospital Monsenhor Antônio Barros (São José de Mipibu)

Goianinha
Lagoa D’anta
Santo Antônio
Baía Formosa
São José de Mipibu
Lagoa de Pedras
Polo de abastecimento Hospital Rafael Fernandes (Mossoró)

Grossos
Felipe Guerra
Areia Branca
Polo de abastecimento Hospital Josefa Alves Godeiro (João Câmara)

Macau
Pedra Preta
Poço Branco
Pureza
Riachuelo
Touros
Caiçara do Rio dos Ventos
Ceará-Mirim
Galinhos
Guamaré
Polo de abastecimento Hospital Telecila Freitas Fontes (Caicó)

Bodó
Caicó
Cerro Corá
Cruzeta
Currais Novos
Florânia
Ipueira
Jardim do Seridó
Lagoa Nova
Parelhas
São João do Sabugi
São José do Seridó
São Vicente
Serra Negra do Norte
Tenente Laurentino Cruz
Polo de abastecimento Hospital Regional Monsenhor Expedito (São Paulo do Potengi)

Ruy Barbosa
Santa Cruz
São José do Campestre
Polo de abastecimento Hospital Regional Aguinaldo Pereira (Caraúbas)

Almino Afonso
Encanto
Taboleiro Grande
Venha Ver
Polo de abastecimento Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Assú)

Assú
Alto dos Rodrigues
Fernando Pedroza
Ipanguaçu
Pendências
São Rafael

29 de março de 2021 - 20:43h

Medo de agulha não pode ser empecilho para aplicação da vacina, diz especialista

A imunização contra a Covid-19, embora ainda tímida no Brasil trouxe uma fobia comum, mas pouco divulgada: a aicmofobia, que é o medo acentuado e desproporcional de agulhas. Os sintomas mais comuns incluem sensação de desmaio e aumento do ritmo cardíaco apenas ao ver ou pensar sobre injeções e sensação de desmaio apenas ao ter a visão ou pensamento sobre agulhas.

A neuropsicóloga do Sistema Hapvida, Paula Clarissa Bispo, destacou que as pessoas que sofrem desta fobia, podem ter também suor excessivo, falta de ar, tremores e até ataques de pânico. “Neste período de vacinação esse medo pode vir à tona, mas isso não pode impedir que você se proteja e proteja a sua família”, disse a especialista.

Quem reconhece que tem esses sintomas deve procurar ajuda especializada de um psicólogo ou psiquiatra e seguir algumas dicas importantes. A médica explica que é preciso avaliar o perigo que esse medo pode causar. “Quando uma pessoa tem fobia a um determinado objeto, ela não consegue fazer uma avaliação real da situação, se sentindo vulnerável a algo maior”, explicou.

As pessoas com fobias podem adotar algumas estratégias, como usar técnicas de respiração para regular a ansiedade, aliada a exercícios de contração e relaxamento muscular. Paula lembra que é importante comunicar ao profissional que irá fazer a aplicação. “Com certeza, vai ajudar a pessoa a passar por esse momento de forma mais tranquila”, disse.

No entanto, essa fobia não pode ser fator impeditivo para as pessoas se vacinarem. Durante a vacinação não olhe para a seringa ou para o profissional. Procure um ponto fixo para olhar e, se possível, converse sobre temas leves. Não fuja das agulhas, muito pelo contrário”, encerrou a profissional.

12 de março de 2021 - 16:24h