Governo do RN anuncia pagamento de 13º salário atrasado desde 2018

O governo do Rio Grande do Norte anunciou nesta quarta-feira (13) o início do pagamento do 13º salário atrasado desde 2018 aos servidores públicos estaduais. Até o final de janeiro, todos os servidores que ganham salários de até R$ 3,5 mil líquidos irão receber o pagamento. Os servidores da Segurança que estejam dentro da faixa já deverão receber nesta sexta-feira (15) junto com o salário de janeiro.

A medida vale para servidores ativos, aposentados e pensionistas, segundo comunicado na manhã desta quarta-feira (13) ao fórum de servidores do estado – representado por vários sindicatos de categorias de servidores. De acordo com a governadora Fátima Bezerra (PT), as datas para pagamentos dos servidores que ganham acima de R$ 3,5 mil deverão ser definida em uma nova reunião até o fim do mês. Ao todo, o estado deve cerca de R$ 900 milhões em salários atrasados.

14 de janeiro de 2021 - 6:37h

Mais de 6,6 milhões já justificaram ausência no primeiro turno das eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou, até esta quarta-feira (13), 6,65 milhões de eleitores que justificaram a ausência no primeiro turno das eleições municipais de 2020. O prazo para realizar o procedimento na Justiça Eleitoral termina às 23h59 desta quinta-feira (14) para todos os eleitores que não puderam participar das eleições em 15 de novembro.

Há exceção apenas para os moradores de Macapá, no Amapá. A cidade só realizou o primeiro turno em 6 de dezembro, por conta da crise energética que atingiu o estado em novembro. O prazo é de 60 dias, e por isso, vai até o começo de fevereiro na cidade.

No primeiro turno, a abstenção chegou a 23,14%. Eleitores que não foram às urnas no primeiro turno precisam informar a Justiça Eleitoral os motivos da ausência e ainda apresentar documentos que comprovem os argumentos. Entre os documentos que podem servir como base estão os atestados médicos e bilhetes de passagem.

14 de janeiro de 2021 - 6:31h

Vacinação começará ao mesmo tempo em todos os estados, diz ministério

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (13), durante coletiva de imprensa, que a vacinação contra a covid-19 deverá começar simultaneamente em todos os estados do país. Segundo o secretário-executivo da pasta, Élcio Franco, os imunizantes devem ser distribuídos assim que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) validar o uso emergencial.

A reunião da Anvisa que vai bater o martelo sobre os pedidos do Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceira com o consórcio Astrazeneca/Oxford, será realizada no próximo domingo (17).

“É uma diretriz e nós iremos iniciar a vacinação simultaneamente nos 26 estados e no Distrito Federal. Então, não vai começar por um estado, ela começará em todos os estados ao mesmo tempo. Isso dentro de uma gestão tripartite, uma vez que quem executa a imunização é o município. É feita distribuição logística para os estados, secretarias estaduais de saúde, e destas para as secretarias municipais e para os postos de vacinação, até termos a capilaridade em nossos 38 mil postos de vacinação”, informou. De acordo com Franco, todos os 5.570 municípios receberão doses de vacinas, começando pelas capitais.

14 de janeiro de 2021 - 6:29h

Emparn prevê chuvas dentro da média no Rio Grande do Norte em 2021

A Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) prevê um ano de 2021 com chuvas dentro da média no Rio Grande do Norte e com a possibilidade de ficar um pouco acima em alguns trechos do interior do estado.

A previsão foi divulgada na terça-feira (12) durante a apresentação das perspectivas climáticas para o ano atual. O trabalho também fez um balanço de 2020.

Segundo o meteorologista Gilmar Bistrot, a tendência é que o ano de 2021 apresente características climáticas no estado semelhantes a anos anteriores que apresentaram boas chuvas.

A previsão climática é de que o inverno tenha início no estado entre o fim de fevereiro e o início de março.

Para a estação pré-chuvosa, a expectativa é de ocorrência de chuvas dentro da média histórica, de acordo com a análise da Unidade Instrumental de Meteorologia da Emparn.

A região Oeste tem a maior estimativa de volume pluviométrico médio para 2021, com 315 milímetros (mm) para os meses de janeiro, fevereiro e março.

As regiões Leste e Central têm, cada uma, previsão de 250mm e o Agreste, 188mm.

As boas chuvas devem ocorrer em função do fenômeno La Niña. “Desde meados de 2020 estamos presenciando a atuação do fenômeno La Niña. O fenômeno, em oposição ao El Niño, ocasiona o resfriamento da temperatura média das águas superficiais na faixa equatorial do oceano Pacífico, aumentando os ventos alísios de leste na superfície inibindo a formação de nuvens”, explicou o meteorologista Gilmar Bistrot.

“Com esse cenário espera-se um quantitativo normal de chuvas no RN, porém com de grande variabilidade temporal e espacial, característica inerente ao clima semiárido”.

14 de janeiro de 2021 - 6:28h

Hospital Municipal de Campo Redondo é reformado, ampliado e recebe novos equipamentos

Após passar por uma ampla reforma e ampliação, o Hospital Municipal Severina Tibúrcio da cidade de Campo Redondo foi reinaugurado na noite desta quarta-feira (13). O espaço recebeu novo projeto estrutural e a implementação de novos equipamentos. A obra foi realizada com recursos próprios e teve um orçamento superior a R$ 400 mil, incluindo o melhoramento físico e aparelhamento.

A solenidade, que foi transmitida pelas redes sociais da Prefeitura Municipal, contou com a presença do prefeito Renam Luiz, do vice-prefeito Welby Martins, presidente da câmara Preto da Emater, secretária de saúde Kylvia Twiza, diretora administrativa do Hospital Juliete Vasconcelos, além de vereadores, secretários, autoridades religiosas, lideranças, funcionários da saúde e a comunidade. O ex-prefeito Alessandru Alves também esteve presente já que foi em sua gestão que a obra foi realizada.

Equipamentos como: monitor cardíaco, desfibrilador, aspirador, máquina de oxigênio, eletrocardiograma, oxímetro profissional, entre outros foram entregues. Nos próximos dias, duas ambulâncias estarão chegando para melhorar as demandas de saúde.

Segundo o prefeito Renam, que também é médico, o momento foi de muita alegria, pois viu de perto todo esforço para que o Hospital Municipal recebesse o amplo melhoramento. “Gratidão e muita alegria. Temos um hospital reformado, com novos equipamentos. Foi aqui onde tudo começou, foi aqui onde o povo de Campo Redondo me conheceu. Alessandru fez o serviço e com minha humilde contribuição estou colocando o meu jeito. Quero que todos aqui sejam bem tratados e recebidos. Quero informar que ontem o médico Dr. Eduardo Pontes já esteve visitando as instalações do hospital e nas próximas semanas já começaremos a realizar as pequenas cirurgias”.

O vice-prefeito Welby Martins disse que o hospital está pronto para receber a população de Campo Redondo. “Está concluído o serviço e agora temos um hospital digno para a população. Agora é dar às mãos e fazermos da nossa cidade a melhor da região do Trairi. O povo está de parabéns e disposto a fazer do município um lugar de referência em todos os setores”.

Em sua fala, o ex-prefeito Alessandru Alves lembrou como recebeu o hospital e todas as melhorias que foram realizadas, até finalizar com o novo projeto. “Quando cheguei nem entrei no Hospital Municipal porque estava fechado. Melhoramos, depois compramos o prédio, já que foi a leilão. É uma batalha que vem de muito tempo. Fico feliz em saber que Renam e Kylvia saberão dar a população de Campo Redondo um atendimento muito melhor, pois são médicos e conhecem de perto a realidade e as demandas”, contou.

14 de janeiro de 2021 - 6:15h

Caixa divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

Responsável por operar o Bolsa Família, a Caixa Econômica Federal divulgou hoje (4) o calendário de pagamentos do benefício social para 2021. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29. Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

Em dezembro, a Caixa começou a migração dos beneficiários que ainda sacam o Bolsa Família exclusivamente com o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Usada no pagamento do auxílio emergencial, a conta poupança permite o pagamento de boletos e de contas domésticas (como água, luz e gás).

6 de janeiro de 2021 - 9:58h

PM faz cerimônia de apresentação de novos alunos para curso no RN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizou uma cerimônia de apresentação dos novos alunos do curso de formação de praças militares, nesta segunda-feira 4. Mais de 280 alunos entraram pelo portão principal do Quartel do Comando Geral da corporação, em um ato simbólico, que dá início à formação. A segunda turma foi convocada após a formatura da primeira turma de aprovados no concurso realizado pela corporação em 2019. Mais de mil soldados foram formados e integrados às tropas militares do estado no final de 2020. A lista dos candidatos matriculados – referente ao Concurso Público regido pelo Edital nº 003/2018 – foi publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira 31. A maior parte das convocações são de mulheres – mais de 200. De acordo com a PM, o curso terá carga horária de 1.430 horas/aula, num total de 240 dias letivos, sendo executado pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar. Na grade, são contempladas disciplinas como direitos humanos, fundamentos jurídicos da atividade policial, abordagem policial, policiamento de eventos, atendimento pré-hospitalar, tiro policial, ordem unida, dentre outras. O objetivo do curso é capacitar de forma técnico-profissional o aluno soldado da PM, desenvolvendo competências para o enfrentamento da violência e da criminalidade nas suas várias formas de manifestação, “capacitando o aluno do CFP, para agir dentro dos parâmetros legais, técnicos e éticos, atuando de forma proativa na resolução de problemas”.

5 de janeiro de 2021 - 9:31h

RN já tem 900 mil seringas em estoque para iniciar vacinação contra a Covid-19

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), confirmou ao Agora RN que há 900 mil seringas em estoque, armazenadas na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), em Natal. A quantidade de insumos é suficiente para garantir a primeira dose às 730 mil pessoas que compõem os grupos prioritários das três primeiras fases de vacinação contra a Covid-19 no RN. O número é superior, inclusive, à população de Natal: 884.122 habitantes. A vacina CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac, é a mais cotada para iniciar o processo de imunização no Estado potiguar. O Instituto Butantan, produtor do imunizante no Brasil, reforçou ao Agora RN que o governo estadual assinou o memorando de interesse na compra da vacina. Contudo, a instituição destaca que não é possível informar prazo nem quantidade de doses que serão enviadas para o RN, pois o desdobramento do trâmite depende da aprovação da CoronaVac por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nesse sentido, o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou na segunda-feira 4 que o pedido para uso da CoronaVac deverá ser feito nas próximas 48 horas, “entre hoje e amanhã”. O Estado paulista iniciou a articulação de aquisição do imunizante após impasse do Ministério da Saúde sobre o Programa Nacional de Imunização (PNI) contra o novo coronavírus. Além de SP e RN, outros nove estados brasileiros firmaram contrato para compra, em dezembro de 2020. Gorinchteyn também disse que os dados sobre a eficácia do imunizante serão divulgados ainda nesta semana, possivelmente até quinta-feira 7. “Vai existir a solicitação tanto de uso emergencial como de uso definitivo. E dessa forma, existem questões burocráticas, de documentos que estão sendo juntados para serem enviados nos próximos dias para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Nesta semana serão enviados. Possivelmente hoje ou amanhã. Isso vai depender do próprio Instituto Butantan ter toda documentação já estabelecida”, afirmou, em entrevista à Rádio Bandnews. O pedido será feito pelo Instituto Butantan. Gorinchteyn explicou novamente que o laboratório SinoVac impediu, por enquanto, a divulgação dos dados de eficácia da vacina, mas disse que esse índice é maior que 50%, o mínimo necessário para aprovação da vacina, prometendo divulgá-lo até quinta-feira. “Os materiais foram enviados para China, a pedido da SinoVac, para reavaliar detalhes. Possivelmente teremos os dados de eficácia no dia 7 de janeiro. Digo ‘possivelmente’, porque podemos ter algum delay (atraso) de horas, mas acredito que até o dia 7 já tenhamos os dados”, afirmou Jean. A expectativa da Sesap, divulgada em dezembro, é iniciar o plano de imunização estadual em 21 de janeiro. Para que isso ocorra dentro das estimativas, o Ministério da Saúde precisa ter iniciado a distribuição das doses do Plano Nacional de Imunização (PNI) ainda na primeira quinzena de janeiro – o que deve não se concretizar, considerando o atual cenário. Somando ao estoque de seringa existente, a Sesap revelou que dois milhões de seringas, com agulhas de 25×6, destinadas especificamente à vacinação contra Covid-19, estão em fase de aquisição. Além disso, outras 150 mil seringas (com agulha 20×5,5) também serão adquiridas para a imunização contra o novo coronavírus. A pasta não informou o valor que será gasto com a compra dos insumos. Também não detalhou como será o processo de compra nem se será feito com dispensa de licitação. Eficácia O governo de São Paulo já tinha admitido que a vacina não chegou ao nível de 90% de eficácia, atingido pela maioria das vacinas contra Covid-19. E Gorinchteyn disse que não sabe qual é o valor exato, pois isso está em sigilo, por contrato. Segundo ele, apenas a SinoVac, o Instituto Butantan e a Anvisa estão tratando desse assunto. A divulgação do índice de eficácia chegou a ser prometida no final do ano passado, mas foi adiada porque houve divergência entre os dados dos estudos em diferentes países. Na Turquia essa porcentagem chegou a superar os 90%. Gorinchteyn levantou uma hipótese para explicar essa diferença: o aumento de casos no Brasil a partir de novembro. “Em 20 de outubro, no Brasil, fomos obrigados a convocar mais voluntários, ao todo 12 mil. E obtivemos mais casos de Covid-19, no Brasil todo, em novembro. Então, de forma rápida, atingimos 72 casos, o que permitiu a análise preliminar em 15 de novembro. Mas agora já tivemos 174 casos positivos, o que criou possibilidade de abertura para pedido de uso definitivo”, disse ele. “Frente a essa ascensão rápida dos casos, é possível que pessoas tenham positivado depois de tomar uma dose só da vacina, não duas. Por isso, essa análise detalhada, de quando foi a infecção, será feita. Porque, para ter imunização plena, precisa de duas doses. Essa análise vai trazer luz para ver o que aconteceu com esses pacientes positivados mesmo com vacina”, explicou Jean. O secretário de Saúde também reafirmou que ainda não há um acordo definitivo com o Ministério da Saúde para que a CoronaVac seja utilizada em todo Brasil. As negociações estão abertas, e a vacina está prevista no PNI (Programa Nacional de Imunização).

5 de janeiro de 2021 - 9:27h

PRF contabiliza 903 acidentes e 67 mortes em rodovias no ano-novo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 903 acidentes em rodovias federais entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro. O número é 1% maior do que o registrado no mesmo período de 2019. Deste total, 254 foram considerados graves, por terem resultado em vítimas – 11% a menos do que no ano passado. Ao todo, 67 pessoas perderam a vida nessas rodovias. O total de vítimas fatais foi 9% menor do que o registrado no ano anterior.

De acordo com o balanço divulgado hoje (4) pela PRF, 1.150 pessoas ficaram feridas, o que representa queda de 6% na comparação com a Operação Ano-Novo do ano passado. Durante a operação, mais de 3,3 mil testes do etilômetro foram aplicados, resultando no flagrante de 479 motoristas que dirigiam após terem consumido bebida alcoólica – número 65% menor do que o registrado no período de 28 de dezembro de 2019 a 1º de janeiro de 2020.

Cerca de 6 mil condutores foram autuados pela manobra arriscada. Na comparação com o feriado de ano-novo de 2019 para 2020, o número representa aumento de 17%.

A PRF verificou também se os motoristas estavam usando os equipamentos de segurança obrigatórios. Segundo o órgão, mais de 800 ocupantes de motocicletas não usavam o capacete (11% a menos que no ano passado). No caso dos automóveis, cerca de 3,7 mil (-7%) pessoas viajavam sem o cinto de segurança, item cujo uso é obrigatório para motoristas e passageiros. Ao todo, 180 (+49%) motoristas foram flagrados usando celular enquanto dirigiam.

Durante a operação deste feriado de fim de ano, a PRF reforçou a fiscalização e o trabalho de prevenção a acidentes nos principais pontos de acidentes e de maior incidência de práticas criminosas. Mais de 125 mil veículos e pessoas foram fiscalizados.

As ações de educação para o trânsito, que visam a conscientização das pessoas sobre a importância de se obedecer as leis de trânsito, atingiram mais de 3,3 mil pessoas.

5 de janeiro de 2021 - 9:18h