Pausa de Marília Mendonça com desabafo mostra dificuldades de sertanejos com fama e turnês

Quem vê os popstars do sertanejo brasileiro viajando de jatinho e levando chuva de like no Instagram acha que a vida deles é só alegria.

Mas desabafos recentes como o de Marília Mendonça, que anunciou pausa na carreira neste domingo (31) para se dedicar à maternidade, mostram que a situação é muito mais complexa.

Na edição desta semana do G1 Ouviu, o podcast de música do G1, artistas desabafam sobre o lado bem menos glamouroso de ser um artista de sucesso.

Lucas Lucco, Gustavo Mioto e Marília relatam como a relação com os fãs, a correria das turnês e a ansiedade trazem um outro lado da fama.

Mas por que eles começam a carreira fazendo tantos shows? São poucos os artistas que tomam conta de sua própria agenda. A maioria está “presa” a um escritório, que fica responsável por fechar os shows.

Os dois lados precisam ganhar e, com isso, a agenda fica mais intensa. O G1 já havia explicado essa dinâmica que coloca os artistas em risco.

Hoje, quando se pensa em artista que reclama da fama, um nome comum é o de Marília, cantora goiana de 24 anos conhecida por cantar letras sofridas.

Desde que começou a fazer sucesso, em 2016, ela diz que ser famosa é “como carregar uma cruz”. Já Mioto, cantor paulista de hits como “Solteiro não trai”, define a fama como “um cárcere privado”.

Fonte: G1

2 de dezembro de 2019 - 10:34h

Prefeitos de Alto do Rodrigues e Ceará-Mirim são eleitos em pleito suplementar

Eleitores das cidades de Alto do Rodrigues, no Oeste potiguar, e Ceará-Mirim, na Grande Natal, elegeram novos prefeitos em eleições suplementares neste domingo (1º). Dos 62.360 eleitores esperados para as duas cidades, 48.636 compareceram para votar. Nas duas cidades os prefeitos eleitos terão mandato até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com o TRE-RN as votações aconteceram dentro da normalidade e a apuração foi encerrada às 18h26 em Ceará-Mirim e às 19h33 em Alto dos Rodrigues. O novo pleito ocorrereu pela cassação e perda de mandato dos antigos prefeitos e vice-prefeitos das duas cidades, a partir de recentes decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

Resultados finais
Alto do Rodrigues:
Total de Eleitores – 10.523
Comparecimento – 8.479 (80,58%)
Abstenção – 2.044 (19,42%)

Prefeito Eleito – Nixon da Silva Baracho (DEM)
Vice-Prefeita Eleita – Emília Patrícia Batista de Sousa (MDB)
Partido/Coligação – Alto do Rodrigues com desenvolvimento e mais trabalho
Quantidade de votos – 6.130 (76,85% dos votos válidos)
Votos em Branco – 162 (1,91%)
Votos Nulos –340 (4,01%)

Ceará-Mirim:
Total de Eleitores – 51.837
Comparecimento – 40.157 (77,47%)
Abstenção – 11.680 (22,53%)
Prefeito Eleito – Julio Cesar Soares Camara (PSD)
Vice-Prefeito Eleito – João Maria de Paiva Mota (PODE)

Partido/Coligação – A vez do povo
Quantidade de votos –14.272 (65,04% dos votos válidos)
Votos em Branco – 1.218 (3,03%)
Votos Nulos – 2.777 (6,92%)
Votos Anulados – 14.219 (Votos dados ao Candidato Ronaldo Venâncio que, não teve seus votos validados devido à sua situação jurídica).

Fonte: G1 RN

2 de dezembro de 2019 - 10:30h

Currais Novos completa 99 anos nesta sexta 29/11

Uma vasta programação está sendo preparada pela Prefeitura, em parceria com a CDL e empresários locais, para celebrar o aniversário de 99 anos da cidade de Currais Novos.

Pela manhã, está sendo esperada uma intensa movimentação no comércio, pelo lançamento da campanha “É de Currais”, uma campanha de valorização e incentivo a comercialização dos produtos fabricados na nossa terra, desenvolvida pela Prefeitura de Currais Novos, por meio da Câmara Setorial do Comércio e Serviço, em parceria com a CDL.

A campanha, que será lançada às 10h na CDL, tem por objetivo incentivar a população a adquirirem produtos que são produzidos ou fabricados no próprio município, estimulando dessa forma, o desenvolvimento do comércio local.

A tarde, a partir das 16h30min, acontecerá a abertura dos festejos natalinos “Luzes do Sertão”, na Praça Cristo Rei, com desfile natalino; a chegada do Papai Noel; e o acendimento da árvore natalina, culminando com o projeto Arte e Música na Praça.

Às 19h, acontece a abertura oficial da 27ª Festa da Imaculada Conceição, co-padroeira de Currais Novos, com o hasteamento das bandeiras e celebração especial às 19h na Matriz da Imaculada, no bairro JK.

“Preparamos uma grande festa natalina com uma vasta programação e a participação de várias instituições da nossa cidade. Será o maior Natal já realizado em Currais Novos, graças a várias parcerias firmadas entre a Prefeitura, a CDL, a Fecomércio, aos empresários, as escolas públicas e privadas do município e aos artistas da nossa terra”, afirma o Secretário Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Júnior Brito.

Fonte: Assecom

29 de novembro de 2019 - 9:35h

RN tem maior expectativa de vida das regiões Norte e Nordeste

28-11-19- Natal – Taxa de Expectativa de Vida ftoto/adriano abreu/h/selecionadas

A expectativa de vida ao nascer no Rio Grande do Norte é a maior do Norte-Nordeste: 76,2, uma taxa próxima à média nacional, que foi de 76,3 anos em 2018. No Estado, os homens tinham a taxa de 72,2 anos e as mulheres 80,2 anos. Os números são da Tábua de Mortalidade de 2018, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Especialistas acompanham o aumento da longevidade atrelado à preocupação com a qualidade de vida.

Com relação ao ano passado, o Estado registra um crescimento de três meses na expectativa de vida. De acordo com o chefe da unidade estadual do IBGE-RN, Damião Ernane, o Rio Grande do Norte “acompanha toda essa melhoria nos índices da expectativa de vida. Os estados como um todo acompanham a média Brasil. Em linhas gerais você tem essa melhoria bastante ampliada”, aponta.

“Por ser um Estado pequeno, litoral amplo, pequenas distâncias, as pessoas têm um nível de qualidade melhor, mas isso, em linhas gerais, o IBGE não fez nenhum tipo de pesquisa em relação a especificamente isso. O que a gente tem é que o Estado segue essa tendência de melhoria que ocorreu, da década de 80 para cá, mais especificamente nos últimos 20 anos com a expansão de políticas públicas, seja na área de saúde pública, educação e assistência social”, elenca Ernane.

Já para a geriatra Vanessa Giffoni de Medeiros, especialista em Fisiologia do Exercício Resistido no Envelhecimento e professora da UFRN, uma série de fatores se une para explicar essa taxa de crescimento na expectativa de vida. Entretanto, ela analisa que o importante é “envelhecer bem”, isto é, com a população idosa aumentando de idade e levando a independência e autonomia junto consigo.

“Muitas pessoas que chegam nessa expectativa de vida, hoje, chegam com limitação. Dependendo de filho, de marido, de cuidador. Porque: a medicina conseguiu controlar eventos adversos, como morte por infarto, por câncer, mas essas pessoas envelheceram com doença. E aí naturalmente envelheceram com essas limitações”, aponta.

Fonte: Tribuna do Norte

29 de novembro de 2019 - 9:33h

Termina nesta sexta-feira o prazo para pagamento da 1ª parcela do 13º salário

Termina nesta sexta-feira (29) o prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. O prazo estabelecido em lei é até o dia 30 de novembro, mas como cai em um sábado, o empregador deve antecipar o pagamento para o último dia útil do mês.

A segunda parcela, por sua vez, precisa ser depositada na conta dos trabalhadores até o dia 20 de dezembro. Aqueles que pediram o adiantamento do 13º nas férias, contudo, não recebem a primeira parcela agora (pois já receberam), apenas a segunda. A primeira parte representa metade do salário que o funcionário ganha.

O pagamento do 13º salário é feito com base no salário de dezembro, exceto no caso de empregados que recebem salários variáveis, por meio de comissões ou porcentagens – nesse caso, o 13º deve perfazer a média anual dos valores.

Cabe ao empregador a decisão de pagar em uma ou duas parcelas. No caso de ser apenas em uma única vez, o pagamento deve ser feito até o dia 29.

Caso o empregador não respeite o prazo do pagamento, será autuado por um auditor-fiscal do Ministério do Trabalho no momento em que houver fiscalização, o que gerará uma multa de R$ 170,25 por empregado.

Quem não receber a primeira parcela até a data limite deve procurar as Superintendências do Trabalho ou as Gerências do Trabalho para fazer a reclamação. Outra opção é buscar orientação no sindicato de cada categoria.

O Imposto de Renda e a contribuição ao INSS incidem sobre o 13º salário. Os descontos ocorrem na segunda parcela sobre o valor integral do 13º salário. Já o FGTS é pago tanto na primeira como na segunda parcela.

O pagamento do 13° salário deve injetar R$ 214,6 bilhões na economia, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O número de pessoas com direito ao benefício soma 81 milhões, dos quais 61% são empregados formais (49 milhões de pessoas) e 37,7% (30,5 milhões) são aposentados e pensionistas da Previdência Social (INSS). O valor médio do 13º salário que será pago em 2019 é estimado em R$ 2.451.

Fonte: G1

29 de novembro de 2019 - 9:29h

Proposta de Fátima para Previdência deve ter novas regras de pensão e idade mínima

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, deverá apresentar na próxima semana um projeto para reformar o regime próprio de previdência do Estado, ao qual estão vinculados os servidores públicos. O texto, que ainda está sendo discutido com servidores e terá o esboço final definido pela governadora, deverá prever reajuste da alíquota previdenciária, aumento da idade mínima para aposentadoria e mudanças nas regras de pensão.

O governo estadual trabalha para terminar o projeto na próxima semana. No entanto, antes de serem encaminhadas para análise da Assembleia Legislativa, as propostas de mudanças do sistema previdenciário serão apresentadas para os servidores públicos estaduais, o que pode alterar a redação.

De acordo com o controlador-geral do Estado, Pedro Lopes, as sugestões também serão apresentadas ao Tribunal de Justiça, ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas. “A ideia é que haja diálogo antes do envio. Vamos buscar o consenso para que o projeto possa tramitar com celeridade no Legislativo”, disse, durante entrevista nesta quarta-feira, 27, ao programa Manhã Agora, na rádio Agora FM (97,9).

A proposta de reforma da Previdência do Estado, segundo Pedro Lopes, vai trazer um reajuste na alíquota de contribuição dos servidores. Hoje, os contracheques dos funcionários públicos estaduais têm desconto de até 11% sobre o salário bruto para a seguridade social. Não se sabe que alíquota será sugerida pelo governo, mas é provável que ela suba para até 14% (teto salarial), seguindo o que ficou definido na reforma do regime geral, promulgada pelo Congresso Nacional este mês.

“O governo está obrigado a fazer este aumento, uma vez que as alíquotas dos governos estaduais e municipais não podem ser menores que a do governo federal”, explicou Pedro Lopes.

Outra mudança prevista, segundo o controlador-geral do Estado, está relacionada com a idade mínima exigida para a aposentadoria. Atualmente, de acordo com a Constituição Estadual, os homens se aposentam aos 65 anos e as mulheres, aos 60 anos. Além disso, o governo estadual estuda alterar as regras de pensão para os dependentes servidores estaduais.

Segundo o controlador-geral do Estado, a reforma será menos “dura” para os servidores do que a aprovada pelo Congresso Nacional. Exemplo disso é que está descartada pelo governo qualquer proposta para criar alíquotas extraordinárias. A reforma da Previdência geral aprovada pelo Congresso prevê que a alíquota de contribuição pode ser maior quando o regime estiver em situação de déficit atuarial, caso do regime próprio do RN. Também fica autorizada, segundo decidiu o Congresso, cobrança sobre a renda dos inativos.

“Não será colocada a alíquota extraordinária no caso do Rio Grande do Norte. O aumento da alíquota já será um sacrifício para o servidor, e impor esta extraordinária iria penalizá-los ainda mais”, encerra.

Fonte: Agora RN

28 de novembro de 2019 - 7:50h

Últimos dias para o REFIS 2019 em Currais Novos

A Prefeitura de Currais Novos, através da Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento, está realizando um grande mutirão para negociação dos impostos municipais, através da segunda edição do REFIS 2019.

O contribuinte (pessoa física ou jurídica) terá até a próxima sexta-feira, 29 de novembro, para procurar a Secretaria Municipal de Finanças para regularizar seus débitos fiscais municipais provenientes de ISS, IPTU e Alvará de Licença para Localização e Funcionamento.

Para o contribuinte que está há mais de 5 anos sem cumprir com o pagamento dos impostos municipais, que receberam ações de execução fiscal ou notificação do SPC e Serasa, essa é uma grande oportunidade para regularizar a sua situação fiscal.

Com o REFIS os contribuintes poderão parcelar débitos em até 24 parcelas e ter redução de juros e multas que chegam a 100%.

A consolidação dos débitos obedecerá aos seguintes percentuais de redução nos valores de acréscimos legais, combinado com o número de parcelas:

I – redução de 100% nos acréscimos legais para o pagamento realizado em 01 parcela;

II – redução de 80% nos acréscimos legais para pagamentos realizados entre 02 até 12 parcelas;

III – redução de 60% nos acréscimos legais para os pagamentos realizados entre 13 até 24 parcelas.

O valor mínimo de cada prestação não poderá ser inferior a R$ 60,00 (sessenta reais) para pessoa física e R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) para pessoa jurídica.

Para aderir ao programa, o contribuinte deverá comparecer no setor de tributação da Secretaria Municipal de Finanças e assinar o requerimento padrão disponibilizado na Secretaria. Os documentos necessários para a adesão são os documentos de identificação referentes a pessoa física ou jurídica, que pretende aderir ao programa.

O setor de tributação da Secretaria de Municipal de Finanças funciona de segunda a sexta, das 07h às 13h, no prédio do antigo SESI.

Mais informações poderão ser obtidas na Secretaria Municipal de Finanças, no fone 3405-2709.

Fonte: Assecom

28 de novembro de 2019 - 7:47h

Preço da carne no RN aumenta em até 20% para consumidor final

Os consumidores natalenses estão tendo de lidar com um aumento considerável no preço da carne bovina em Natal. De acordo com a Associação Supermercados do Rio Grande do Norte (Assurn), a elevação no preço vem sendo sentida nos últimos 15 dias e há uma variação de 15 a 20%.

Novos preços têm sido alvo de reclamação pelos consumidores, embora consumo esteja se mantendo, segundo comerciantes
“Carne subiu muito, muito mesmo. Carne subiu em torno de 15% a 20% nos últimos 15 dias. Só que a gente não consegue repassar isso de imediato porque choca muito o consumidor. Esse aumento de até 15% a gente deu para o consumidor. Agora para nós dos supermercados foi até 25% a 30%”, disse Geraldo Paiva, diretor da Assurn e presidente do Sindicato dos Supermercados.

O principal motivo dos preços terem crescido se dá em virtude do aumento das exportações para a China, após a produção da proteína animal no país ser atingida pela peste africana. Com isso, visando abastecer o mercado interno, os chineses se viram obrigados a recorrer a importações. A oferta no Brasil diminui e consequentemente, acaba subindo os preços. Além dessas questões, o Brasil é o exportador de carne bovina do mundo.

Em um açougue do Alecrim, por exemplo o quilo da carne de primeira qualidade tinha preço que variava entre R$ 20 e R$ 25. De acordo com a gerente Rosa Campêlo, 52 anos, o produto agora sai por R$ 30.

“A de segunda foi a que aumentou mesmo. A de segunda você vendia de R$ 15. Foi para R$ 20, R$ 22”, comenta a gerente, que há 30 anos trabalha no mercado de carnes em Natal. “Tá todo mundo reclamando. Os consumidores alegam que ninguém vai ter condições de consumir a carne. Estão optando pelo frango”, acrescenta Rosa.

O aumento também foi constatado em um açougue da Cidade Alta. O gerente Giovane Irineu, por exemplo, disse que o aumento na carne de primeira era de R$ 28,99, o quilo, e saltou para R$ 38,00. Um aumento de 31%. Na loja que ele trabalha, a carne de segunda era de R$ 12 e foi para R$ 15, também o quilo. Os valores estão sendo praticados há um mês.

“Os consumidores reclamam, mas estão levando. Hoje em dia as pessoas não estão comprando por quilo. Compra mais para o dia, para o almoço. A carne que mais sai aqui é a de segunda”, revela.

As carnes tidas como nobres também apresentaram aumento considerável em Natal. Peças como maminha, alcatra, filé mignon, costela, entre outros, estão com novos preços. Giovane conta que a picanha variava entre R$ 40 e R$ 45 e saltou para R$ 60. Já a alcatra era R$ 28 e foi para R$ 38.

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE procurou o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) para saber do impacto do preço da carne na cesta básica em Natal,  mas foi informado que não poderia passar dados preliminares sobre o assunto. O próximo levantamento será divulgado no próximo dia 04 de dezembro.

Aumento da carne
O preço da carne repassado ao consumidor final está se intensificando em virtude da alta demanda de exportações, diminuição no índice das chuvas a baixa quantidade de estoque disponível para o mercado local. As vendas para outros países, uma vez que o Brasil é o principal exportador de carne bovina, são um dos fatores que encarecem o produto.

Entre julho e novembro, houve um crescimento de 10% no número de exportações, de acordo com Maísa Silva, diretora comercial da M&M Indústria Alimentícia. Em comparação com o mesmo período de novembro de 2018, o crescimento na demanda por carnes foi de 35%. Os dados da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) somam-se ao aumento também da demanda no consumo motivado pelas festas e comemorações de final do ano.

“São esses os fatores que causam o aumento no preço das carnes para o mercado, isso faz com que o consumidor final também perceba essa variação”.

O aumento no preço das carnes é uma tendência normalmente percebida durante esta época do ano. Entre julho e novembro, o período da entressafra sofre com a estiagem causada pela diminuição de chuvas, o que afeta no desenvolvimento do boi e na produção das carnes. “Aliado a isso, houve uma maior demanda internacional para exportação de carnes, principalmente para China e Rússia. Isso significa menor disponibilidade para o mercado interno e, consequentemente, alta nos preços”, explica Maísa Silva.

Fonte: Tribuna do Norte

28 de novembro de 2019 - 7:43h

Pedófilo é preso após assediar pela internet e marcar encontro com menina de 13 anos na Grande Natal

Um homem foi preso por tentativa de estupro de vulnerável nesta quarta-feira (27) depois que marcou um encontro pela internet com uma menina de 13 anos em Parnamirim, Grande Natal. O pai da vítima é policial. A mãe dela permitiu que a filha combinasse com o criminoso o encontro, para que ele fosse preso. O homem foi detido em flagrante.

De acordo com a polícia, o pedófilo, que trabalha como atendente e tem 25 anos de idade, assediou a menina pelo Instagram, enviando mensagens. Ele compartilhou vídeos pornográficos com a garota, e também filmagens íntimas de si próprio.

O homem disse que achava a menina bonita e que queria encontrar com ela. Foi quando a vítima combinou horário e local com ele, sob tutela da mãe, que avisou ao pai do ocorrido. Este, por sua vez, acionou a Polícia civil, que efetuou a prisão.

O caso foi levado à Delegacia Especializada de Defesa Criança e Adolescente (DCA), em Natal. Além de tentativa de estupro de vulnerável, o pedófilo também foi enquadrado nos crimes de compartilhamento de conteúdo pornográfico e prática de atos libidinosos com crianças e adolescentes.

Fonte: G1 RN

28 de novembro de 2019 - 7:40h

Corpo de Gugu Liberato chega ao Aeroporto de Viracopos para velório em SP

O corpo de Gugu Liberato chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos na manhã desta quinta-feira (28). O voo AD 8707, da Azul Linhas Aéreas, pousou no terminal de Campinas (SP) às 6h01, depois de decolar de Orlando (EUA), na noite de quarta (27). Após os trâmites de desembarque, o traslado seguirá para o velório no Salão Monumental da Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, na Zona Sul da capital.

Segundo a companhia aérea, o A330 transportou o caixão com o corpo do apresentador no porão da aeronave, local de costume para este tipo de translado. O avião tem capacidade para 271 pessoas e, apesar da urna funerária, fez o desembarque no terminal de passageiros. A família de Gugu viajou ao Brasil no mesmo voo.

A cerimônia, que será aberta ao público, deve começar por volta das 12h desta quinta e terminar às 10h da sexta-feira (29). O corpo de Gugu será velado em caixão aberto. A entrada para o velório será pela Avenida Sargento Mário Kozel Filho. Em seguida, o corpo será enterrado no jazigo da família no Cemitério Getsêmani, no Morumbi, também na Zona Sul.

Gugu sofreu um acidente em sua casa na Flórida, nos Estados Unidos, na quarta-feira (20). Ele tinha 60 anos e era pai de três filhos que teve com a médica Rose Miriam di Matteo: João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sophia, de 15 anos.

Fonte: G1

28 de novembro de 2019 - 7:38h