Coronavírus: RN registra 1.392 casos confirmados e 61 óbitos

O Rio Grande do Norte registrou neste domingo (3) 1.392 casos confirmados de coronavírus. As mortes chegaram a 61. Dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap/RN).

No boletim do sábado (2), haviam sido registrados 1.359 casos confirmados e 59 óbitos. O aumento é de 33 e 2, respectivamente.

Ao todo, há 4.939 casos suspeitos e 415 pessoas curadas da doença. Mais detalhes dos casos serão divulgados no boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap/RN) ainda na tarde deste domingo.

Fonte: Agora RN

4 de maio de 2020 - 9:40h

Casos de coronavírus e número de mortes no Brasil em 4 de maio

Foram registradas 7.075 mortes provocadas pela Covid-19 e 102.155 casos confirmados da doença em todo o país.

Das 20 cidades com maior mortalidade e incidência de casos, 18 se concentram no Norte e Nordeste.

Taxa de ocupação de leitos de UTI
Acre – 23,3% em todo o estado em 28/04
Alagoas – 36% em todo o estado em 29/04
Amazonas – 94% em todo o estado em 1/5
Bahia – 53% em todo o estado em 2/5
Ceará – 98% em todo o estado em 26/04
Espírito Santo – 83% em todo o estado em 29/04
Maranhão – 79% em todo o estado em 29/04
Mato Grosso – 4,8% dos leitos de UTI da rede pública em todo o estado em 23/04
Mato Grosso do Sul – 2,6% em todo o estado em 27/04
Minas Gerais – 58% em todo o estado em 28/04
Pará – 84% em todo o estado em 15/04
Paraíba – 28% em todo o estado em 25/04
Paraná – 29% em todo o estado em 30/04
Piauí – 26,7% em todo o estado em 29/04
Pernambuco – 98% em todo estado em 29/04; além disso, 99% dos leitos de UTI da rede pública dedicados aos pacientes infectados pelo novo coronavírus também estão ocupados
Rio de Janeiro – 92% em todo o estado em 27/04
Rio Grande do Norte – 33% em todo o estado em 22/04
Rio Grande do Sul – 54,5% em todo o estado em 22/04
Rondônia – 29,6% em todo o estado em 29/04
Santa Catarina – 20,20% dos leitos em todo o estado em 3/05
São Paulo – 68,7% em todo o estado em 29/04
Sergipe – 6 leitos ocupados em 23/04
Tocantins – 10% dos leitos ocupados em 28/4
Amapá, Distrito Federal, Goiás e Roraima não divulgaram a taxa de ocupação.

Fonte: Bem Estar

4 de maio de 2020 - 9:36h

Caixa amplia horário de atendimento para saque de R$ 600 a partir desta segunda-feira

A Caixa Econômica Federal vai abrir suas agências duas horas mais cedo a partir desta segunda-feira, e terá pelo menos 1.200 filiais em funcionamento no próximo sábado, dia 7 de maio, para reduzir filas e aglomerações, tornando mais ágil o saque do auxílio auxílio emergencial de R$ 600.

Na última sexta-feira, o presidente do banco, Pedro Guimarães, admitiu que é “impossível acabar com as filas” , mas que estava tomando medidas para reduzi-las. Já no sábado, ele afirmou que o pagamento feito nas agências da Caixa que abriram naquele dia foi “um sucesso”, com volume seis vezes superior ao realizado na terça-feira anterior, quando houve problemas. Ele explicou que as filas formadas acabaram em poucas horas graças a melhorias feitas na tecnologia utilizada pelo banco.

Ao todo, 902 agências abriram no sábado, permitindo o saque de R$ 505,8 milhões por 892,6 mil beneficiários, segundo levantamento preliminar feito pela Caixa. Até aqui, R$ 35,5 bilhões já foram pagos a 50,5 milhões de pessoas. O benefício deverá ser liberado para pelo menos mais dez milhões de brasileiros, estima Guimarães.

A partir desta segunda-feira, quando mais de 2,3 milhões de pessoas devem sacar o auxílio, as agências passam a funcionar das 8h às 14h. Desde 22 de abril, 1.102 unidades da Caixa já vinham funcionando com este horário. Num esforço para reduzir as filas, o banco está empregando mais de 2.800 vigilantes adicionais, além de 389 recepcionistas para reforçar orientação e atendimento ao público.

Fonte: O Globo

4 de maio de 2020 - 9:34h

Câmara vota auxílio emergencial para estados e municípios

Ordem do dia para votação de propostas legislativas. Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia (DEM – RJ)

A Câmara dos Deputados deve votar nesta segunda-feira (4), em sessão virtual marcada para as 11h, a proposta de auxílio financeiro a estados e municípios para combate aos efeitos da pandemia da covid-19. Ao todo, serão destinados R$ 125 bilhões, incluindo repasses diretos e suspensão de dívidas.

O Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020) foi aprovado na noite de sábado (2) pelo Senado, na forma de um substitutivo apresentado pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Por ser um texto diferente do aprovado pelos deputados, a matéria retorna para nova análise. Se aprovada sem alterações, a primeira parcela do pagamento do auxílio emergencial aos estados, municípios e ao Distrito Federal está prevista para 15 de maio.

Fonte: Agência Brasil

4 de maio de 2020 - 9:31h

Saque-aniversário para nascido em março e abril começa hoje

A gestora ambiental Fátima Clemente fez saque do FGTS na agência da Caixa na Rua do Riachuelo, Lapa.

Os trabalhadores nascidos em março e abril que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem ter acesso ao dinheiro a partir de hoje (4). O valor estará disponível hoje ou 11 de maio, conforme a escolha do trabalhador.

Essa modalidade permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

O pagamento é feito conforme cronograma por mês de nascimento. Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro receberam os valores no mês passado.

Os valores ficam disponíveis para saque até o último dia útil do segundo mês subsequente ao da aquisição do direito de saque. Por exemplo: se a data de aniversário for dia 10 de setembro, o trabalhador terá de 1 de setembro a 30 de novembro para efetuar o saque. Caso o trabalhador não saque o recurso até essa data, ele volta automaticamente para a sua conta no FGTS.

O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o total na conta. O valor a ser sacado varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

Ao retirar uma parcela do FGTS a cada ano, o trabalhador deixará de receber o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa. O pagamento da multa de 40% nessas situações está mantido. As demais possibilidades de saque do FGTS – como compra de imóveis, aposentadoria e doenças graves – não são afetadas pelo saque-aniversário.

O prazo de adesão ao saque-aniversário começou em janeiro. Ao optar pela modalidade, o trabalhador teve de escolher a data em que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolheu o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

Fonte: Agência Brasil

4 de maio de 2020 - 9:30h

Presença de suposta onça assusta moradores no interior do RN

Uma suposta onça tem tirado o sono dos moradores do Sítio Acauã, localizado na zona rural do município de Itaú, na região do alto Oeste potiguar.

O animal foi visto e fotografado na quinta-feira, 23 de abril, pela estudante Tuanny Pinheiro. Ela contou ao MOSSORÓ HOJE que estava sentada no alpendre de casa quando o bicho apareceu. “Quando olhei avistei ela, tava com o celular na mão, aí fotografei”, disse.

Tuanny contou que foi a primeira vez que avistou o animal por lá e que ele aparentava ter o tamanho de um cachorro grande.

O MOSSORÓ HOJE conversou com a bióloga Rosineide Martins sobre o animal. Ela explica que, pelas imagens divulgadas por Tuanny na internet, realmente aparenta ser uma onça, mas também pode ser um gato vermelho.

“Pelas fotos não dá pra gente ter certeza, mas o animal aparenta ser muito grande para ser um gato vermelho”, explica Rosineide, reforçando a possibilidade de ser mesmo uma onça.

Gato vermelho ou onça, a bióloga explica que não seria incomum o animal aparecer na região, pois o sítio onde ele foi avistado é próximo a uma mata de vegetação mais fechada, com muitas pedras e de pouco contato com o ser humano.

Tuanny contou que os moradores do local estão apreensivos com a possibilidade do animal voltar a circular próximo às residências, visto que o sítio possui muitas crianças e animais menores.

As autoridades ambientais não foram notificadas oficialmente sobre a presença do animal na região.

Fonte: Agora RN

28 de abril de 2020 - 13:35h

RN tem 48 mortes por Covid-19 e 857 casos confirmados da infecção

O Rio Grande do Norte tem atualmente 48 óbitos por Covid-19. Além disso, o estado contabiliza 857 casos confirmados da infecção e 4.626 suspeitos. As informações são da Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap).

Mais cedo, o Agora RN havia informado a 47ª morte no Rio Grande do Norte. A vítima é uma mulher de 67 anos, com diabetes e doença renal crônica. Já a 48ª morte foi registrada em Ceará-Mirim, na região Metropolitana de Natal, de acordo com o boletim atualizado da Sesap.

Fonte: Agora RN

28 de abril de 2020 - 13:34h

Bolsonaro nomeia André Mendonça para a Justiça e Ramagem para a PF

O advogado-geral da União, André Mendonça, participa do lançamento da Estratégia Nacional Integrada para a Desjudicialização da Previdência Social, no Supremo Tribunal Federal (STF)

André Luiz de Almeida Mendonça e Alexandre Ramagem Rodrigues são nomeados ministro da Justiça e Segurança Pública e diretor-geral da Polícia Federal (PF), respectivamente. Os decretos assinados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, estão publicados no Diário Oficial da União desta terça-feira (28). André Mendonça passa a ocupar o comando do ministério com a saída de Sergio Moro e Alexandre Ramagem assume a chefia da PF no lugar de Maurício Valeixo.

André Mendonça, de 46 anos, é natural de Santos, em São Paulo, advogado, formado pela Faculdade de Direito de Bauru (SP). Ele também é doutor em estado de direito e governança global e mestre em estratégias anticorrupção e políticas de integridade pela Universidade de Salamanca, na Espanha; é pós-graduado em direito público pela Universidade de Brasília (UnB).

É advogado da União desde 2000, tendo exercido, na instituição, os cargos de corregedor-geral da Advocacia da União e de diretor de Patrimônio e Probidade, dentre outros. Recentemente, na Controladoria-Geral da União (CGU), como assessor especial do ministro, coordenou equipes de negociação de acordos de leniência celebrados pela União e empresas privadas.

No Twitter, André Mendonça agradeceu a nomeação ao presidente Jair Bolsonaro e disse que fará um “trabalho técnico” à frente da pasta.

Fonte: Agência Brasil

28 de abril de 2020 - 13:32h

Anvisa aprova testes rápidos para covid-19 em farmácias

Farmácias continuam funcionando em São Paulo no período de quarentena

A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (28) a aplicação de testes rápidos para a detecção do novo coronavírus (covid-19) em farmácias. Com a decisão, a realização deixará de ser feita apenas em ambiente hospitalar e clínicas das redes públicas e privadas.

“O aumento [dos testes] será uma estratégia útil para diminuir a aglomeração de indivíduos [em hospitais] e também reduzir a procura dos serviços médicos em estabelecimento das redes públicas”, disse o diretor presidente substituto da Anvisa, Antonio Barra Torres.

As farmácias não serão obrigadas a disponibilizar o teste. O estabelecimento que optar pelo procedimento deverá ter profissional qualificado para realizar do exame.

A realização dos exames não servirá para a contagem de casos do coronavírus no país. Em seu voto, Barra Torres, que foi o relator do processo, destacou ainda que o teste não terá efeito de confirmação do diagnóstico para o coronavírus, uma vez que há a possibilidade de o teste apontar o chamado “falso negativo”, quando o paciente é testado ainda nos primeiros dias de sintomas.

“Os testes imunocromatográficos não possuem eficácia confirmatória, são auxiliares. Os testes com resultados negativos não excluem a possibilidade de infecção e os positivos não devem ser usados como evidência absoluta de infecção, devendo ser realizados outros exames laboratoriais confirmatórios”, disse.

A liberação dos testes rápidos em farmácias enfrentava resistências, devido a questões sanitárias e ligadas também à eficácia dos exames. Ao comentar a aprovação da realização dos testes em farmácias, Barra Torres lembrou que esses testes vêm sendo feitos por determinação de alguns governos locais.

A liberação desses testes será temporária e deve permanecer no período de emergência de saúde pública nacional decretado pelo Ministério da Saúde em 4 de fevereiro deste ano.

Fonte: Agência Brasil

28 de abril de 2020 - 13:30h

Sérgio Moro pede demissão saída foi anunciada na manhã desta sexta-feira (24), em entrevista coletiva

Sérgio Moro anunciou em entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira (24), sua demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, foi fator determinante na decisão tomada por Moro.
“Queria evitar ao máximo que isso acontecesse, mas foi inevitável”, disse em entrevista coletiva.

Segundo Moro, a insistência do presidente Jair Bolsonaro pela troca do comando da Polícia Federal foi desgastante. O ex-ministro afirmou que Valeixo havia sido indicação feita por ele para o comando.

“Eu sempre disse que não tinha problema em trocar o diretor-geral, mas preciso de alguma causa. Uma insuficiência de desempenho ou algum erro grave. Coisa que eu não via de Valeixo”, relatou.

A demissão de Valeixo foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira. O texto diz que a saída do diretor-geral foi “a pedido”.

Sérgio Moro afirmou que a sua principal preocupação era com a garantia da autonomia da instituição, para que a PF pudesse continuar conduzindo as suas investigações sem interferência política.

O nome de Moro para comandar a corporação era o delegado Fabiano Bordignon, atual diretor do Departamento Penitenciário (Depen). Bolsonaro, no entanto, tem outras opções, como o secretário de Segurança Pública, do Distrito Federal, Anderson Torres, e o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência, Alexandre Ramagem.

Sérgio Moro, no final da coletiva, afirmou que irá “empacotar as coisas e encaminhar a carta de demissão”.

Fonte: Agora RN

24 de abril de 2020 - 12:09h