“Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumulado é R$ 16 milhões”

“Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.269 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite desse sábado (13) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

Foram as seguintes as dezenas sorteadas: 07-34-45-51-54-59. De acordo com estimativa da Caixa, o prêmio acumulado para o concurso 2.170 na quarta- feira (17), é de 16 milhões.

14 de julho de 2019 - 15:32h

Vaquejada de Currais em sua reta final

Em conversa com a reportagem da 99FM, Jarbas Braz responsável pela organização das inscrições falou sobre o total de inscritos para disputar este ano e fez sua avaliação do evento.

Confira:

14 de julho de 2019 - 15:16h

O que leva a um infarto fulminante, como o de Paulo Henrique Amorim

Mortes súbitas cardíacas como a de Paulo Henrique Amorim, de 76 anos, são mais comuns do que se imagina. O jornalista foi vítima de um infarto fulminante na madrugada da quarta-feira (10).

Um estudo coordenado pela cardiologista Maria Fernanda Braggion-Santos, da USP de Ribeirão Preto, cita que 80% das vítimas de morte súbita cardíaca possuíam alguma doença arterial coronariana.

Sem ter conhecimento específico do caso de Paulo Henrique, o médico cardiologista Carlos Alberto Pastore, do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas) da Faculdade de Medicina da USP, explica que o termo infarto fulminante “não traz muitas informações”.

“Essa história de morte súbita não existe, leva anos para acontecer. Quando você pensa em morte súbita, você pensa que a pessoa não tem nada e morreu.”

Ele acrescenta que 50% das pessoas que têm alguma doença cardiovascular não sentem nada, mas isso não significa que o problema não exista.

“Colesterol alto, diabetes, hipertensão. Tudo isso pode culminar em um evento agudo.”

Mas o que define se o infarto vai ser fatal ou não?

Segundo Pastore, isso “vai depender muito da condição das artérias [do coração]”.

O infarto agudo do miocárdio é o bloqueio de uma ou mais artérias responsáveis pelo fluxo sanguíneo do coração.

“Às vezes, você convive com obstruções de até 70% sem sentir nada. [A gravidade do infarto] depende muito da condição das artérias restantes, se elas terão capacidade de nutrir o coração”, explica o cardiologista do InCor.

Pastore observa ainda que casos de infarto são mais comuns nesta época do ano.

“No inverno é o tempo de acontecer. Os vasos ficam mais constritos pela temperatura, as pessoas exageram mais em comida e bebida e fazem menos exercícios.”

Paulo Henrique Amorim havia jantado com amigos horas antes de morrer.

O fator emocional, especialmente em casos de estresse crônico, também está ligado à maior incidência de infarto agudo, ressalta o médico.

“É preciso chamar atenção para as situações emocionais, muita ansiedade, muita tensão. As pessoas lidam mal com as situações de estresse. O que não pode é viver eternamente em estresse, porque o organismo passa a desenvolver condições que favorecem episódios agudos”.

Outro detalhe em relação ao infarto que o médico alerta é que muitas pessoas não sentem quando estão infartando ou confundem os sintomas.

“A parede inferior do coração fica perto do estômago. Tem gente que confunde com dor de estômago, acha que são gases”.

Prevenção
Exames de sangue e cardiológicos periodicamente são recomendados para pessoas que tenham histórico de doença cardiovascular na família.

“A obesidade é um fator de risco importante, mas estamos cheio de indivíduos magros com colesterol alto. Ele não é alimentar, a maior parte dele é genética”, exemplifica o cardiologista.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia lista como fatores de risco cardíaco: predisposição genética, colesterol, diabetes, hipertensão, sedentarismo, tabagismo, estresse e obesidade.

Fonte: R7.com

11 de julho de 2019 - 9:46h

Padre Fábio de Melo em Currais Novos

Padre Fábio de Melo é um sacerdote católico, cantor, compositor, poeta, escritor, professor e apresentador.

Padre Fábio de Melo traz consigo, musicalidade nata. Sua sensibilidade artística, com visão social e humana, vai da competência de um grande intérprete, capaz de emocionar, unindo técnica e dom, à consciência de composições próprias que transmitem mensagens significativas.

A mensagem de Jesus Cristo é o viés de suas composições. Padre Fábio de Melo consolida-se, cada vez mais como um dos atuais pilares da música religiosa.
Breve estará em terras potiguares.

Currais Novos e região esperam ansiosos.

Padre Fábio estará compartilhando com fiéis do seu talento musical e pregando sobre o amor divino.
Dia 27 de Julho em currais Novos, na Du Rei casa Show.
“A gente mistura muito a palavra com a canção.” (Padre Fábio de Melo)
Em nosso instagram vamos sortear uma senha para você ter acesso ao show.

Vai lá, siga as instruções e boa sorte!

10 de julho de 2019 - 20:31h

Parque de diversão Santa Luzia pela primeira vez em Currais Novos

Lazer com responsabilidade!

Já em Currais Novos a estrutura do Parque Santa Luzia pela primeira vez na cidade com atrações em brinquedos. Conversei com Jeferson Rodrigo, proprietário, onde na oportunidade ele falou da estréia e quanto tempo vai ficar por aqui. Confira:

Ainda de acordo com Jeferson, crianças especiais não pagam para se divertir no Parque Santa Luzia e ainda tem direito a um acompanhante.

10 de julho de 2019 - 15:02h

Começaram as vendas das mesas do pavilhão de Sant’Ana em Currais Novos

Começaram as vendas de mesas para o pavilhão da festa de Sant’Ana 2019 em Currais Novos nesta quarta feira dia 10 de julho na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) para os patrocinadores do evento. Segundo Jader Maia, do setor de vendas, amanhã dia 11 a venda será aberta ao público no CIAC a partir das 08 horas da manhã sem fechar para o almoço.

A pessoa terá direito a comprar até 4 mesas ao preço de 120,00 (cento e vinte reais). É necessário que o interessado(a) leve a documentação para a realização do cadastro.

10 de julho de 2019 - 10:40h

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim

O jornalista Paulo Henrique Amorim morreu na madrugada desta quarta-feira (10) aos 77 anos.

Amorim morreu em casa, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante — informação confirmada pela mulher dele.

Paulo Henrique Amorim estava na Record TV desde 2003 e deixa um legado para o jornalismo brasileiro, uma vez que passou por diversos jornais, revistas e emissoras de televisão do país.

Paulo Henrique estreou no jornal A noite, em 1961. Depois foi trabalhar em Nova York, como correspondente internacional da revista Realidade e, posteriormente, da revista Veja.

Na televisão, passou pela extinta TV Manchete e pela TV Globo, também como correspondente internacional.

Em 1996, foi para a TV Bandeirantes, onde apresentou o Jornal da Band. Depois, foi para a TV Cultura. Em 2003, foi contratado pela TV Record, onde apresentou o Jornal da Record. Ajudou a criar a revista eletrônica Tudo a Ver na emissora. Depois, assumiu a apresentação do Domingo Espetacular, onde ficou até junho deste ano.

Amorim deixa uma filha e a mulher, Geórgia Pinheiro.

Fonte: R7

10 de julho de 2019 - 8:43h

Edital para concurso da Polícia Civil sai em 90 dias

O edital com as diretrizes do aguardado concurso público para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte deverá ser publicado em até 90 dias. A informação foi confirmada pelo subsecretário de Recursos Humanos da Secretaria Estadual de Administração (Sead), Ediran Teixeira. Há cerca de 10 anos não é realizado um concurso para a Polícia Civil, e o atual processo seletivo está sendo esperado desde 2015.

Semana passada as condições precárias das delegacias e a falta de pessoal foram alvo de críticas pela Associação dos Delegados, o número de vagas ofertadas para agentes, escrivães e delegados ainda não está definido, mas Teixeira afirma que a definição deve ser em breve. “Queremos fechar o projeto básico e começar a enviar cartas convite para empresas que podem se interessar pelo certame”, afirmou, acrescentando que nos próximos 45 dias a licitação deve ser desencadeada para contratar a empresa responsável pela aplicação das provas.

A princípio serão ofertadas mais de 100 vagas para agentes, em torno de 20 vagas para escrivães, e cerca de 40 para delegado, estima. A declaração do subsecretário de Recursos Humanos da Sead contraria o conteúdo da nota divulgada, no último dia 3 de julho, pela Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol-RN). A entidade reclamou de um pronunciamento no qual a governadora Fátima Bezerra teria dito que o concurso não tem data para ocorrer até que haja um equilíbrio fiscal nas contas do Estado.

Além de sugerir o “adiamento” do concurso, a nota da Adepol-RN também cobra retorno dos “inúmeros ofícios” encaminhados ao Poder Executivo para agendamento de audiência com o Gabinete Civil.

De acordo com informações da Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol-RN), o déficit de pessoal hoje é o maior da história. Somente 26,13% das vagas estão ocupadas, o que representa um desfalque de pouco mais de 73%: a instituição tem atualmente 1.035 agentes para cobrir a demanda em todos os 167 municípios do RN. Considerando os agentes que estão de licença, foram afastados e/ou estão cedidos para outros órgãos da administração estadual o número operacional cai para cerca de 800 policiais civis.

Esse efetivo é somado aos 163 delegados e 186 escrivães. Como há delegados em vacância e, por isso o cargo fica ocupado apesar da pessoa estar em algum tipo de afastamento, totalizando 147 delegados em atividade. “Isso não dá nem para cobrir um município como Natal. Se não houver uma política de concursos públicos, a Polícia Civil do RN vai fechar as portas e morrer por inanição”, declarou o diretor da Adepol-RN Cláudio Henrique Freitas de Oliveira.

Atualmente 53% dos cargos de delegado estão vagos: dos 350 cargos, apenas 163 são ocupados. Já no caso dos escrivães, 76,75% dos cargos estão vagos – dos 800 cargos, apenas 186 estão ocupados. A Associação calcula que o RN possui 1,8 mil policiais civis na ativa (incluindo agentes, escrivães e delegados) frente a um déficit de 4 mil.

Fonte: Tribuna do Norte

9 de julho de 2019 - 8:33h

Mauro Naves é demitido da Globo após envolvimento no caso Neymar

Mauro Naves foi demitido da TV Globo após ter se envolvido na polêmica acusação de estupro feita por Najila Trindade contra Neymar. A emissora carioca emitiu uma nota para comunicar o desligamento do jornalista, que já havia sido afastado da cobertura esportiva do canal há um mês.

“O Grupo Globo e o jornalista Mauro Naves decidiram encerrar consensualmente o contrato de prestação de serviços que mantinham. O Grupo Globo reconhece a imensa contribuição de Mauro Naves ao jornalismo esportivo e a ele agradece os 31 anos de dedicação e colaboração”, informou ao colunista Flávio Ricco.

No dia 5 de junho, durante o “Jornal Nacional”, William Bonner anunciou que o colega deixaria temporariamente o trabalho. “As atitudes dele [Mauro Naves] neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas […]”, disse o âncora na época.

Vale lembrar que o apresentador foi acusado de ter fornecido ao advogado de Najila o telefone do pai de Neymar.

Fonte: Terra

8 de julho de 2019 - 21:12h