Nova pesquisa estima pelo menos 20 mil contaminados pelo coronavírus no RN

Cerca 20 mil potiguares já devem ter se infectado com o novo coronavírus, aponta estimativa divulgada na última sexta-feira (8) pelo Imperial College de Londres, uma das principais instituições de pesquisa do mundo.

A estimativa do instituto científico, que analisou números de 16 Estados brasileiros, é de que 4,2 milhões de pessoas estejam contaminadas em todo o Brasil.

Ainda de acordo com o estudo, o Rio Grande do Norte tem 0,56% da população contaminada. A margem de confiabilidade da pesquisa é de 95%. Desta forma, o número de potiguares infectados pode estar entre 14,7 mil e 23,7 mil.

Os números do Imperial College são 10 vezes maiores que o atual número de infectados no Rio Grande do Norte. Dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) registram 1.930 casos da doença. A disparidade pode estar relacionada com a capacidade da testagem. Até este domingo (10), apenas 7 mil pessoas foram testadas em território potiguar.

A pesquisa do instituto inglês mostra preocupação com a taxa de reprodução do contágio. Os dados mostram que a pandemia continua em aumento exponencial em todos os 16 Estados brasileiros analisados. Segundo os autores, o número de reprodução do Rio Grande do Norte é de 1,18. O número mais alto é observado no Pará, de 1,90.

O Imperial College alerta que a taxa está acima de 1 em todos esses Estados, o que indica que a epidemia ainda não está controlada. O número de reprodução – a medida da intensidade da transmissão – significa que um indivíduo pode outro indivíduo.

O Imperial College ressalta que, mesmo com o número de mortes – 10.6711 óbitos até este domingo (10) –, o Brasil ainda passa por uma fase incipiente da epidemia. Com isso, afirmam os pesquisadores, os gestores públicos têm de adotar ações mais efetivas para o controle da infecção.

“Embora a epidemia brasileira ainda seja relativamente incipiente em escala nacional, nossos resultados sugerem que ações adicionais são necessárias para limitar a propagação e impedir a sobrecarga do sistema de saúde”, escrevem os autores.

O Imperial College é um dos institutos de pesquisa mais conceituados do mundo em modelagem matemática. A instituição, ainda em março, convenceu o primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, de que o isolamento social era a única medida possível para evitar um número catastrófico de mortes no país.

Fonte: Agora RN

12 de maio de 2020 - 7:24h

RN soma 90 óbitos por Covid-19 e 1.935 casos confirmados da infecção

O Rio Grande do Norte tem atualmente 90 óbitos por coronavírus e 1.935 casos confirmados da infecção, segundo informações da Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap) nesta segunda-feira (11). Além disso, o RN tem 7.605 casos suspeitos, 5.440 descartados e 662 pacientes recuperados. Ainda há 36 óbitos em investigação.

As mortes mais recentes divulgadas pela Sesap foram registradas em Areia Branca e em Natal. As mortes de Areia Branca são de duas mulheres, de 61 e 65 anos. As duas tinham histórico de diabetes e hipertensão. Em Natal, a vítima mais recente é uma mulher de 90 anos, também com histórico de diabetes e hipertensão.

De acordo com o secretário-adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, o estado tem 32 solicitações de internação vindas do interior e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Destas, 2 são pacientes classificados como prioridade 1 e 8 como prioridade 2, que são os pacientes que deveriam estar em leitos críticos e semicríticos.

Fonte: Agora RN

12 de maio de 2020 - 7:23h

Mortes por Covid-19 no RN somam 76; são 1.739 casos confirmados da doença

Os dados sobre coronavírus no Rio Grande do Norte divulgados nesta quinta-feira (7) pela Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap) apontam que já são contabilizados 76 óbitos – 4 novos registrados nas últimas 24h -, 1.739 casos confirmados da infecção e 5.704 suspeitos. Segundo a Sesap, 20 óbitos estão em investigação.

As mortes mais recentes foram registradas em Macaíba, Mossoró, São Gonçalo do Amarante e São Tomé. Este último múnicípio registra agora o primeiro óbito por Covid-19.

No estado, são 246 internações, das quais 77 são considerados casos críticos. A taxa geral de ocupação da rede de saúde – pública e privada – é de 57%. Considerando apenas a rede pública, a taxa de ocupação é de 42%.

Ainda de acordo com os dados da Sesap, a maior taxa de notificação da doença no estado está concentrada na região Metropolitana de Natal, seguida de notificações na região de Mossoró e Seridó, respectivamente. A região Metropolitana também lidera o número de óbitos em investigação pela Covid-19.

Até o momento, 6.861 testes já foram realizados no estado.

Fonte: Agora RN

7 de maio de 2020 - 17:41h

Data da 2ª parcela do auxílio emergencial deve ser anunciada nesta sexta 07/05

O calendário para pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600, que será feito a partir da semana que vem, deverá ser divulgado até amanhã (8). A informação foi dada nesta quinta-feira (7) pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, em reunião virtual da comissão mista de deputados e senadores que acompanha as medidas do governo federal para o enfrentamento da covid-19.

Onyx informou também que uma parceria com os Correios está prestes a ser anunciada. Segundo o ministro, a ideia é que a empresa auxilie pessoas que não têm acesso à internet a fazer o cadastro para receber o benefício. O auxílio está previsto para ser pago em três parcelas até junho. Mesmo quem não recebeu a primeira parte e se enquadra nos pré-requisitos do auxílio poderá receber as três parcelas.

O ministro da Cidadania adiantou aos parlamentares que a pasta vai publicar ainda hoje uma portaria que transferirá R$ 580 milhões para o Sistema Único de Assistência Social a serem usados por municípios. O dinheiro poderá ser aplicado na compra de equipamento completo de proteção individual para todos os trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) dos municípios e de alimentos que serão distribuídos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Balanço
De acordo com o ministro, cerca de 96,9 milhões de pessoas acessaram o aplicativo da Caixa para tentar obter o auxílio.

Destas, cerca de 50,5 milhões foram consideradas elegíveis e 32 milhões, inaptas para receber o benefício. Parte dessas pessoas tentou fraudar o direito ao crédito.

Fonte: Agência Brasil

7 de maio de 2020 - 17:38h

Bolsonaro vai com empresários ao STF para pedir retomada da economia

O presidente Jair Bolsonaro, um grupo de ministros e empresários foram hoje (7) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para falar com o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, sobre a economia do país e a importância de flexibilizar a abertura do comércio, em meio às restrições das atividades e ao isolamento social causados pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o presidente executivo do Instituto Aço Brasil e coordenador da Coalizão Indústria, Marco Polo de Mello Lopes, os industriais estão enfrentando uma crise profunda de demanda ocasionada pelo fechamento do comércio. “Se pudesse resumir e fazer uma caracterização, a indústria está na UTI e, para sair, precisa que ocorram as flexibilizações, de maneira que roda volte a rodar”, disse, após o encontro com Toffoli.

Segundo Lopes, no mês de abril, houve queda de 50% nas vendas, em relação a março, e a indústria, de maneira geral, está operando com 60% de ociosidade. Ele explicou ainda que aqueles que estão operando seguem todos os protocolos de segurança e que isso pode ser estendido a outras atividades para que haja essa flexibilização.

Autoridades de saúde orientam a população e os governos a adotarem as medidas de isolamento e distanciamento social como forma de prevenção à disseminação do novo coronavírus. Como ainda não há vacina nem remédios comprovado cientificamente contra a covid-19, a orientação visa frear a transmissão do vírus para evitar que os sistemas de saúde fiquem sobrecarregados e consigam atender todos as pessoas que venham a ficar doentes.

Fonte: Agência Brasil

7 de maio de 2020 - 17:36h

Como consultar Auxílio Emergencial? Governo libera novo site da Dataprev

Consultar o Auxílio Emergencial agora ficou mais fácil com o site Consulta Auxílio.

A ferramenta, lançada nesta semana pelo Ministério da Cidadania e pela Dataprev, é específica para que o cidadão que fez o requerimento do benefício de R$ 600 possa consultar a disponibilidade dos recursos e o status do processo de concessão. O site, que não substitui as demais plataformas já disponíveis, tem como funcionalidade exclusiva a realização da consulta, deixando processos de requerimento e gestão do auxílio a cargo dos apps e sites Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A ferramenta é uma opção para o cidadão encontrar mais recursos na hora de consultar a concessão e o processo de liberação do benefício, também conhecido como “coronavoucher”. A expectativa é que a plataforma ajude a diminuir a sobrecarga que têm sido comum no uso do Caixa Auxílio Emergencial e Caixa Tem.

A Dataprev, empresa pública responsável pela gestão da ferramenta, afirma que já foram realizados 97,7 milhões de cadastros. Desse total, 50,5 tiveram o auxílio concedido, enquanto 32,8 milhões foram considerados inelegíveis e 13,7 milhões dependem de correções nos dados cadastrais.

Fonte: Tech Tudo

7 de maio de 2020 - 17:26h

Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 60 km/h em 98 municípios do RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas, com perigo potencial”, em 98 municípios do Rio Grande do Norte. O aviso é válido das 10h desta segunda-feira (4) até as 8h da terça (5). Confira a lista de cidades no final da matéria.

De acordo com o Instituto, as chuvas terão entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Além disso, os ventos serão intensos, atingindo de 40 a 60 km/h. O alerta se estende também a cidades da Paraíba e do Piauí.

Em caso de rajadas de vento, o Instituto Nacional de Meteorologia orientou que a população não se abrigue debaixo de árvores e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Outra recomendação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Fonte: G1 RN

5 de maio de 2020 - 5:43h

IFRN oferece cursos de qualificação online e gratuitos durante isolamento social

O Instituto Federal de Educação do Rio Grande do Norte divulgou nesta segunda-feira (4) um edital para preenchimento de 4.200 vagas gratuitas em 10 cursos de formação com ensino à distância. Confira lista no final da matéria.

As inscrições começam nesta terça-feira (5) e vão até o dia 14 de maio. Para estudar, o único pré-requisito exigido é que o candidato tenha concluído o Ensino Fundamental. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição online, por meio do Portal do Candidato.

Segundo o IFRN, a medida foi anunciada com o objetivo de capacitar as pessoas que estão em isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus. O Instituto informou que o resultado dos selecionados para realizarem os cursos sai no dia 15 de maio e as aulas terão início no dia 29 de maio.

Todos os cursos fazem parte do programa Novos Caminhos, do Governo Federal. Ao concluir os estudos, portanto, os alunos receberão certificado expedido pela Rede Federal de Ensino.

Confira a lista dos cursos:
Assistente Administrativo (400 vagas)
Assistente de Secretaria Escolar (500 vagas)
Agente de Alimentação Escolar (200 vagas)
Vendedor (500 vagas)
Montador e Reparador de Computadores (400 vagas)
Operador de Computador (400 vagas)
Programador de Sistemas (400 vagas)
Programador Web (500 vagas)
Instalador e Reparador de Redes de Computadores (500 vagas)
Agente de Inclusão Digital em Centros Públicos de Acesso à Internet (400 vagas)

5 de maio de 2020 - 5:34h

Cerca de 12,4 milhões devem refazer cadastro no auxílio emergencial

Pelo menos 12,4 milhões de brasileiros que pediram o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) devem refazer o cadastro no aplicativo do programa ou no site auxilio.caixa.gov.br, disse hoje (4) o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Segundo ele, este é o total de inscritos que tiveram o cadastro classificado como inconclusivo, porque as informações não puderam ser analisadas pela Dataprev, estatal de tecnologia que processa os pedidos.

De acordo com o presidente da Caixa, os cadastros inconclusivos podem estar relacionados a dados divergentes, como número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), endereço e informações sobre dependentes. Guimarães enfatizou que apenas os cidadãos com pedidos considerados inconclusivos podem refazer o cadastro. Quem teve o benefício rejeitado e recebeu a classificação de inelegível não pode retificar os dados.

Conforme balanço apresentado por Guimarães, dos 97 milhões de pedidos de auxílio emergencial, 50,1 milhões foram aprovados, 26,1 milhões, considerados inelegíveis e 12,4 milhões receberam a classificação de inconclusivos. Ainda há um total de 5,2 milhões de cadastros em análise.

Segunda parcela
O presidente da Caixa informou que divulgará o calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial nesta semana. Previsto para começar em 23 de abril, o pagamento foi adiado para o início de maio porque o número de pedidos superou a previsão, levando o governo a pedir crédito suplementar no Orçamento.

Guimarães reiterou que os inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e os trabalhadores informais que se cadastraram no site e no aplicativo receberão em dias diferentes dos beneficiários do Bolsa Família para evitar aglomerações nas agências. Quem está no Bolsa Família recebe o benefício nos últimos 10 dias úteis do mês, conforme o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

O presidente da Caixa disse que aguarda definição do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e do presidente Jair Bolsonaro para divulgar o novo cronograma.

Filas
Segundo Guimarães, o aumento do horário de funcionamento das agências da Caixa em duas horas diárias ajudou a reduzir o tamanho da fila de beneficiários que querem sacar o benefício em dinheiro. Desde hoje, todas as agências do banco abrem das 8h às 14h para o saque em dinheiro e para serviços essenciais, como emissão e troca de cartões.

No sábado (2), apenas algumas agências da Caixa estavam abertas. Por causa das filas, a instituição resolveu adotar o horário estendido em todas as agências. O banco orienta que pedidos de informações sejam resolvidos pelo site auxilio.caixa.gov.br, pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou pelo telefone 111.

Até amanhã (5), os beneficiários que receberam o auxílio por meio da conta poupança digital da Caixa poderão sacar a primeira parcela em espécie. O banco informou que, de 9 de abril até as 18h de sábado (2), havia pago R$ 35,5 bilhões para 50 milhões de brasileiros.

O site auxilio.caixa.gov.br registrou 606,5 milhões de visitas, e o telefone 111 acumula 115,8 milhões de ligações. O aplicativo Auxílio Emergencial Caixa supera 74,3 milhões de downloads e o aplicativo Caixa TEM, para movimentação da poupança digital (como transferências e pagamentos de boletos e de contas domésticas), soma 77,2 milhões de downloads.

Fonte: Agência Brasil

5 de maio de 2020 - 5:25h

Câmara aprova em 1º turno alterações na PEC do Orçamento de Guerra

Ordem do dia para votação de propostas legislativas. Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia (DEM – RJ)

A Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (4), em primeiro turno, o substitutivo do Senado da Proposta de Emenda à Constituição 10/20, chamada PEC do Orçamento de Guerra. Os parlamentares rejeitaram os destaques ao texto-base e o segundo turno deve ocorrer nesta terça-feira (5).

A PEC cria um regime extraordinário fiscal, financeiro e de contratações para o enfrentamento pandemia do novo coronavírus no país e foi aprovada pela Câmara no início de abril. No entanto, após modificações do texto no Senado , a proposta retornou para nova análise dos deputados.

A medida flexibiliza travas fiscais e orçamentárias para dar mais agilidade à execução de despesas com pessoal, obras, serviços e compras do Poder Executivo e vai vigorar até o dia 31 de dezembro deste ano – mesmo prazo para o estado de calamidade pública causado pela pandemia.

O relator da PEC, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB), recomendou a aprovação integral do texto oriundo do Senado. De acordo com parlamentar, a proposta viabiliza um acréscimo de R$ 600 bilhões no Orçamento da União para o enfrentamento da emergência em saúde pública provocada pelo novo coronavírus no Brasil.

Fonte: Agência Brasil

5 de maio de 2020 - 5:23h