Governo começa a pagar auxílio emergencial de R$ 600 na quinta-feira

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre o lançamento do aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial

O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal. Para os clientes dos demais bancos, o pagamento será feito a partir do dia 14 deste mês.

O segundo pagamento do benefício de R$ 600 ocorrerá entre 27 e 30 de abril, conforme a data de aniversário dos beneficiários. E a última parcela será paga de 26 a 29 de maio. A ideia é que todo o pagamento do benefício – as três parcelas de R$ 600 – seja feito em cerca de 45 dias, totalizando a liberação R$ 98 bilhões para 54 milhões de pessoas.

Hoje (7) foram lançados o site da Caixa e aplicativos para iOS e Android para os trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais (MEI) e contribuintes da Previdência que ainda não têm informações no CadÚnico. O cadastramento também é necessário para as pessoas que não estavam no CadÚnico até o dia 20 de março. Quem não sabe se está no cadastro pode conferir a situação ao digitar o número do CPF no aplicativo.

Aplicativo gratuito
O aplicativo pode ser baixado gratuitamente. De acordo com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, houve um acordo com empresas de telefonia para que mesmo as pessoas sem crédito no celular pré-pago possam baixar a ferramenta sem custo. A Caixa disponibilizou ainda a central 111 para tirar dúvidas sobre como fazer o cadastramento.

“O aplicativo é só para quem é MEI, que é contribuinte individual do INSS ou informal. Quem está no Bolsa Família ou outros programas do governo federal não precisa fazer o cadastro”, ressaltou Onyx, em entrevista coletiva, nesta manhã, no Palácio do Planalto.

No caso dos beneficiários do Bolsa Família, o pagamento seguirá o calendário normal do programa. De acordo com o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto, o CadÚnico tem 75 milhões de pessoas inscritas. Desses, 43,6 milhões são beneficiários do Bolsa Família.

Ao excluir os beneficiários do Bolsa Família, ficam 31,4 milhões de pessoas. “Desse universo de 31,4 milhões de pessoas, foram identificadas mais de 10 milhões que estão elegíveis para receber o auxílio emergencial. Hoje estamos na fase final de análise desse dados para garantir que todos os quesitos foram atendidos e nenhum pagamento será efeito para quem não estiver estritamente coberto pela lei”, disse Canuto.

Conta digital
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que criará 30 milhões de contas digitais para beneficiários sem conta em banco. Os beneficiários poderão movimentar a conta e fazer transferências gratuitamente, mas inicialmente não será possível sacar o dinheiro. Ainda será divulgado um cronograma para a realização de saques. Segundo Guimarães, haveria um “colapso” se fosse liberado o saque para todos ao mesmo tempo.

Guimarães informou ainda que fará transferência gratuita para contas em bancos privados e públicos estaduais nos casos de beneficiários que já têm conta.

Os recursos que forem transferidos para conta de beneficiários não poderão ser usados para pagar dívidas, como o cheque especial. Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, foi feito um acordo com os bancos para evitar que o auxílio seja usado para pagar automaticamente dívidas dos clientes.

Fonte: Agência Brasil

7 de abril de 2020 - 14:19h

Polícia Militar apreende carga de cigarros contrabandeados em caminhão

Policiais militares do Grupo Tático Operacional de Pureza apreenderam carga cigarro contrabandeado, em Maxaranguape, na Região Metropolitana de Natal. Os agentes estavam em patrulhamento quando se depararam com um caminhão atolado em uma estrada de areia. Era dentro do veículo onde o material apreendido foi encontrado. A ocorrência foi registrada na tarde desse sábado (4).

Quando os policiais se deparam com o caminhão atolado, se aproximaram do veículo, no momento em que um homem empreendeu fuga. No entanto, os PMs conseguiram deter o motorista. Depois de verificar a carga do caminhão, encontraram uma carga de cigarro chinês, produto de contrabando internacional.

Com apoio do Batalhão do Policiamento de Choque (BPChoque), o caminhão com a carga foram removidos até o pátio da Receita Federal e o motorista foi apresentado na Delegacia da Polícia Federal para os procedimentos decorrentes

Fonte: Tribuna do Norte

6 de abril de 2020 - 11:01h

RN tem 242 infectados pelo novo coronavírus; mortes são 7 e casos suspeitos 2.354

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) divulgou neste domingo (5) que o número de casos confirmados de coronavírus no estado aumentou para 242. Na véspera, foram confirmados 215, tendo um aumento de 27 casos. Ao todo, são 2.354 casos suspeitos, 675 descartados e 7 óbitos. Dados estão atualizados até às 13h deste domingo (5).

O sétimo óbito causado pela doença ocorreu neste domingo, em Natal. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS – Natal), a paciente é uma mulher de 71 anos, com histórico de hipertensão, que esteve em viagem para os Estados Unidos no período de 07 a 18 de março de 2020. Ela começou a apresentar os sintomas da doença no dia 21 de março e buscou um hospital da rede privada no dia 23 de março, tendo dificuldade de respirar, dores no corpo e dor de cabeça.

Mortes no RN

Mossoró: 3 óbitos

Natal: 2 óbitos

Taipu: 1 óbito

Tenente Ananias: 1 óbito

Total: 7 óbitos

Fonte: Agora RN

6 de abril de 2020 - 10:50h

Brasil tem 489 mortos e quase 11,3 mil casos confirmados

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h26 desta segunda-feira (6), 11.298 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 489 mortes pela Covid-19.Apenas dois estados ainda não registraram mortes: Acre e Tocantins.

Na noite de domingo (5), o Pará registrou a segunda morte pela doença, uma mulher de 50 anos que morava em Belém. Não há informações se ela tinha doença preexistente.

Um boletim epidemiológico feito pelo Ministério da Saúde na sexta (3) diz que Distrito Federal, São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro e Amazonas podem estar na transição para uma fase de aceleração descontrolada da pandemia.

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde de domingo (5), aponta 11.130 casos confirmados e 486 mortes.

Fonte: Agora RN

6 de abril de 2020 - 10:48h

Mercado financeiro prevê queda de 1,18% da economia este ano

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

O mercado financeiro estima queda ainda maior da economia este ano, por influência da pandemia do coronavírus. A previsão de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – agora é de 1,18%. Essa foi a oitava redução consecutiva. Na semana passada, o mercado previa queda de 0,48%.

A estimativa consta do boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo Banco Central, com a projeção para os principais indicadores econômicos.

As previsões do mercado para o PIB de 2021, 2022 e 2023 continuam em 2,50%.

Já a cotação do dólar deve fechar o ano em R$ 4,50, a mesma previsão da semana passada. Para 2021, a expectativa é que a moeda americana fique em R$ 4,40, contra R$ 4,30 da semana passada.

Fonte: Agência Brasil

6 de abril de 2020 - 10:42h

MEC autoriza antecipar formatura de alunos da área de saúde

O Ministério da Educação autorizou a formatura de alunos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia, exclusivamente para atuação desses profissionais nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus. A Portaria nº 374/2020 foi publicada hoje (6) no Diário Oficial da União.

A medida vale para instituições federais de ensino e tem caráter excepcional, enquanto durar a situação de emergência de saúde pública. Para antecipar a colação de grau, os alunos precisam ter cumprido 75% da carga horária prevista para o período de internato médico ou estágio supervisionado.

O internato médico é o período de dois anos de estágio curricular obrigatório para os estudantes de medicina. Já o estágio obrigatório supervisionado para os cursos de enfermagem, farmácia e fisioterapia equivalente a 20% da carga horária total do curso.

A seleção e alocação dos profissionais será articulada com os órgão de saúde municipais, estadusia e distritais.

De acordo com a portaria, a carga horária dedicada pelos profissionais no esforço de contenção da pandemia deverá ser computada pelas instituições de ensino para complementação das horas devidas de estágio obrigatório, para a obtenção do registro profissional definitivo. A atuação dos profissionais também será bonificada, uma única vez, com o acréscimo de 10% na nota final do processo de seleção pública para o ingresso nos programas de residência.

Na semana passada, o governo encaminhou ao Congresso a Medida Provisória (MP) nº 934/2020 que estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior. Nela está previsto que instituições de educação superior poderão abreviar a duração desses cursos, desde que o aluno cumpra, no mínimo, 75% da carga horária do internato do curso de medicina ou do estágio curricular obrigatório dos cursos de enfermagem, farmácia e fisioterapia.

Fonte: Agência Brasil

6 de abril de 2020 - 10:41h

Congresso prorroga CPMI das Fake News por 180 dias

www, internet,código binário

Deputados e senadores decidiram prorrogar por 180 dias a comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investiga a propagação de notícias falsas. O novo prazo passa a contar a partir de 14 de abril, quando termina o primeiro prazo para conclusão dos trabalhos. Para conseguir a prorrogação do prazo, o colegiado precisou de 209 assinaturas de deputados e 34 de senadores.

A CPMI investiga a criação de perfis falsos para influenciar as eleições do ano passado e os ataques cibernéticos contra a democracia e o debate público. De acordo com o presidente da comissão, o senador Ângelo Coronel (PSD-BA), a propagação de informações falsas sobre a pandemia também será alvo de investigação.

“Vamos colocar nossa parte técnica para descobrir quem são os patrocinadores dessas pessoas que utilizam perfis falsos para poder usar as redes socais para depreciar as instituições, depreciar famílias, atentar contra a vida e agora estão atentando com falsas informações a respeito do coronavírus. Nós temos que banir, das redes sociais, os marginais digitais e também punir os seus financiadores”, disse o senador, em declaração divulgada pela Agência Senado.

Parlamentares da base do governo tentaram esvaziar a comissão e impedir sua prorrogação.

Em virtude do isolamento social provocado pela epidemia do novo coronavírus, as atividades presenciais da comissão estão interrompidas. Não há previsão para sua retomada.

Fonte: Agência Brasil

3 de abril de 2020 - 16:11h

Em noite de relâmpagos e trovões, Grande Natal registra chuvas de até 31 milímetros

Parecia que o mundo estava acabando. Foi esta a sensação dos moradores da Grande Natal na noite desta quinta-feira (2) em meio a clarões causados pelos relâmpagos e o som aterrorizante dos trovões (veja vídeo acima).
Na capital potiguar, onde mais choveu na região, foram 31,4 milímetros, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).

Ainda de acordo com a Emparm, entre as 7h da quinta (2) e as 7h desta sexta (3), foram registradas chuvas em 40 pontos de monitoramento do estado.

Na região Leste, onde fica Natal, também choveu em Goianinha (19,1 mm), Parnamirim (13,7 mm) e São Gonçalo do Amarante (8,5 mm).

Em todo o estado, onde mais choveu foi em São Rafael, na região Central, que registrou 29,5 mm.

Fonte: Agora RN

3 de abril de 2020 - 16:08h

Sesap confirma 4ª morte por Covid-19 no RN

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte confirmou, na manhã desta sexta-feira (3), a quarta morte causada pelo novo coronavírus no estado. A vítima foi uma mulher de 90 anos, residente em Mossoró. É a terceira morte ocorrida em Mossoró, na região Oeste do estado. A outra morte foi registrada em Natal.

O Rio Grande do Norte possui 176 casos confirmados. Destes, 171 são residentes em 15 cidades potiguares e cinco são de pessoas residentes em Fortaleza (2), Manaus (1), Recife (1) e Salvador (1), que foram atendidas no RN e que já retornaram para suas cidades. ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Ao todo, são 2.288 casos suspeitos em 134 municípios e de outras regiões do Brasil (pessoas que receberam atendimento em serviços de saúde do RN). Outros 465 casos já foram descartados.

Fonte: Agora RN

3 de abril de 2020 - 16:05h