Praça Monsenhor Paulo Herôncio em Currais Novos será inaugurada com cerimônia virtual dia 3 de janeiro

Segue em avançado processo de finalização a obra de ampliação e construção da Praça Monsenhor Paulo Herôncio, em Currais Novos. A previsão de inauguração é no dia 3 de janeiro, quando serão celebrados os 120 anos de nascimento do sacerdote que foi vigário de Currais Novos e deixou marcas importantes em todos os setores da sociedade. A programação está sendo montada e terá transmissão da TV Cristo Rei e redes sociais.

A reforma da praça é financiada pelo empresário Sérgio Dantas, que é admirador da história do Monsenhor Paulo Herôncio. O projeto  é inspirado nos elementos da igreja, como a hóstia consagrada e o ostensório, além do barrete – tipo de chapéu que Monsenhor Paulo usava nas caminhadas. A praça que fica em frente ao Abrigo de Idosos tem uma Capela Mariana aberta, além do busto e uma estátua do religioso que já estão instalados.

24 de dezembro de 2020 - 9:21h

OMS convoca reunião sobre nova variante do coronavírus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reunirá seus membros para discutir estratégias para conter uma nova variante, mais contagiosa, do coronavírus, que surgiu no Reino Unido, disse o chefe europeu da agência Hans Kluge, nesta terça-feira (22). Ele não informou a data em que a reunião será realizada.

“Limitar as viagens para conter a disseminação é prudente até termos mais informações. As cadeias de fornecimento para bens essenciais e as viagens essenciais devem permanecer possíveis”, disse o diretor regional para a Europa da OMS, no Twitter. Ele também fez um apelo pela intensificação das medidas de prevenção.

A agência sediada em Genebra manifestou cautela com uma grande alarme causada pela nova variante, afirmando que é parte normal da evolução de uma pandemia e elogiou o Reino Unido por detectá-la.

23 de dezembro de 2020 - 8:58h

PRF faz balanço dos acidentes de trânsito no RN e vê queda de 51% das mortes na década

A Polícia Rodoviária Federal registrou este ano 347 acidentes graves, 89 mortes e 1.264 feridos nas rodovias federais no Rio Grande do Norte. Os números que contabilizam o período de 1º de janeiro a 30 de novembro foram apresentados nesta terça-feira (22).

A PRF aponta a queda de 51% no número de mortes em acidentes de trânsito em rodovias federais no RN na década – em 2011, foram 183 óbitos. Dos acidentes registrados entre 2017 e 2019, foram 347 mortos, sendo 70% homens. O levantamento indica que 26% das mortes ocorreram na BR-304, que liga Natal a Mossoró – as duas maiores cidades do estado.

Os dados também mostram que 28% das mortes ocorreram provavelmente devido à realização de ultrapassagens indevidas e que, em 13% das mortes registradas, um dos condutores havia ingerido bebida alcoólica. Ainda destaca que 42% das mortes ocorreram entre 17h e 22h.

23 de dezembro de 2020 - 8:55h

Pazuello: vacinação de grupos prioritários deve começar em janeiro

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que, no final de janeiro, alguns grupos prioritários devem começar a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 e que a vacinação em massa deve começar a partir de fevereiro. Pazuello deu entrevista ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, que vai ao ar no domingo (27), às 19h30.

“Nós vacinaremos todos os brasileiros de forma igualitária, de forma proporcional ao número de pessoas por estado e de graça. Confiem na estrutura do SUS [Sistema Único de Saúde], confiem que aqui existem pessoas que estão realmente trabalhando diuturnamente para que a gente tenha a vacina distribuída o mais rápido possível e a todos os brasileiros”, disse o ministro.

23 de dezembro de 2020 - 8:52h

FGTS poderá ser recolhido com Pix a partir de janeiro

A partir de janeiro, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderá ser recolhido por meio do Pix, anunciou hoje (22) o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do Banco Central (BC), João Manoel Pinho de Mello. Na abertura da 11ª reunião plenária do Fórum Pix, ele declarou que o BC fechou um acordo de cooperação técnica com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho para permitir o recolhimento por meio do novo sistema de pagamentos instantâneo.

Segundo Pinho, a novidade está prevista para entrar em funcionamento em janeiro e será lançada junto com o FGTS Digital. A nova plataforma pretende centralizar a apuração, a cobrança, o recolhimento e o lançamento das contribuições para o Fundo de Garantia.

Segundo a Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, o novo sistema reduzirá custos para as empresas. Isso porque os empregadores deixarão de emitir cerca de 70 milhões de guias de recolhimento por ano e poderão acompanhar digitalmente o pagamento e a destinação das contribuições.

23 de dezembro de 2020 - 8:49h

Seridó Cine abre inscrições para produções audiovisuais do Nordeste

Estão abertas as inscrições para o Seridó Cine, festival audiovisual da região Seridó, interior do Rio Grande do Norte. O evento vai priorizar produções realizadas na região Nordeste em cinco mostras: Mostra RN Ficção, Mostra RN DOC, Mostra Curta Arretada, Mostra Arretada e Mostra Clip. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em formulário disponibilizado no site do festival, no período de 22/12 a 05/01.

O Seridó Cine surge com o objetivo de fomentar o audiovisual no interior do Rio Grande do Norte e valorizar as produções nordestinas. Os vencedores de cada mostra estarão concorrendo a premiações, conforme regulamento, concedidos pelo júri oficial e popular.

O festival será realizado entre 8 e 13 de fevereiro, em ambiente online. Além das mostras de filmes, o Seridó Cine vai realizar oficinas de cinema e concurso para produção de filmes na região do Seridó. As informações estarão disponíveis no www.seridocine.com.br.

23 de dezembro de 2020 - 8:39h

57 cidades do RN estão com taxa de transmissão para Covid-19 em zonas de ‘risco’

Caiu para 57 o número de municípios nas zonas de “risco” ou “perigo” em relação à taxa de transmissibilidade (Rt) da Covid-19 no Rio Grande do Norte. Na semana passada, eram 87 municípios – 30 a mais. As cidades inseridas nessa lista tem Rt maior que 1,03.

Os dados são da plataforma do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN, que monitora em tempo real a situação da pandemia no estado e atualiza semanalmente os índices de transmissão. Na semana passada, esse número representava 52% dos municípios potiguares. O dado desta semana representa 34%.

Os municípios que mais preocupam são os que estão na zona de “perigo”, com Rt acima de 2,00. Nessa situação, o número de municípios aumentou de 15 para 27 – o dado é maior também do que na semana retrasada, quando haviam 23 cidades nesta situação.

22 de dezembro de 2020 - 9:08h

Média diária de novas mortes causadas pela covid sobe no RN

A média diária de mortes causadas pela Covid-19 voltou a crescer no Rio Grande do Norte a patamares semelhantes ao observado no primeiro pico da pandemia. Entre os dias 3 e 10 de dezembro, a média móvel chegou a 8 óbitos diários, o maior número desde a média dos dias 23 de agosto a 1º de setembro, quando a curva estava em queda. Mas a maior semelhança é com a segunda semana de maio: assim como o momento atual, o número de mortes crescia e chegou a 8 por dia no dia 12 daquele mês, segundo os dados compilados pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN).

Após período de queda no registro diário de novas mortes, Sesap volta a registrar aumento. No dia 10 de dezembro foram 10 mortes. Ao todo, a pandemia do novo coronavírus matou 2.873 pessoas no Rio Grande do Norte até esta segunda-feira (21). Pelo menos duas ocorreram nas 24 horas anteriores à divulgação da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN). Outras 455 mortes permanecem em investigação e podem alterar a curva atual registrada pela Secretaria. A maioria das vítimas fatais (71,4%) são pessoas idosas (acima dos 60 anos).

O crescimento das mortes acontece semanas após o aumento das infecções do novo coronavírus no Estado e das internações decorrentes das complicações geradas pela covid-19. É um fluxo percebido em todos os locais com novos picos: primeiro, os casos voltam a crescer, seguido das internações e, por último, as mortes aumentam. No país, a média móvel chegou a 765 mortes por dia neste domingo (20), aumento de 27% com relação a 14 dias atrás.

22 de dezembro de 2020 - 9:07h

Emparn diz que verão terá temperaturas dentro da média no Estado

A estação mais quente do ano começou nesta segunda-feira (21), por volta das 07h05, se estendendo até a segunda quinzena de março. De acordo com as análises da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a previsão para estação é dentro da normalidade, devido a influência do fenômeno ‘La Niña’.

“O fenômeno La Niña que acontece com a diminuição na temperatura das águas superficiais do Oceano Pacífico provoca uma maior circulação dos ventos na região Nordeste do Brasil mantendo a regularidade das chuvas para o período”, disse o chefe da unidade, Gilmar Bristot.

Sobre as chuvas, Bristot explica que nos meses de janeiro e fevereiro, quando acontecem as tradicionais chuvas da pré-estação chuvosa no Rio Grande do Norte, “elas serão ocasionadas pelos sistemas que transitam sobre o Nordeste e são de baixa previsibilidade e podem ou não acontecer”. Já para o período chuvoso de fevereiro a maio de 2021, o meteorologista diz que “as condições analisadas são propícias para a ocorrência de chuvas acima do normal para o Nordeste como um todo”.

No interior, em algumas cidades do Alto Oeste, a temperatura máxima poderá chegar a 38ºC e ter uma queda durante a noite, podendo registrar a mínima de 27ºC. Na região serrana, a temperatura mínima poderá registrar 23°C. As análises realizadas não registraram alterações na condição de seca no Rio Grande do Norte, mantendo no mês de novembro, 83% da sua extensão territorial atingida pelo fenômeno. Com relação aos impactos de curto e longo prazo se mantem em parte do Seridó e Borborema, e curto prazo nas demais áreas do território potiguar.

22 de dezembro de 2020 - 9:07h

RN registra 109.734 casos confirmados e 2.873 mortes por Covid-19

O Rio Grande do Norte teve 109.734 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. O número de mortes é de 2.873 neste mesmo período. Os dados foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no boletim epidemiológico desta segunda-feira (21).

Outros 455 óbitos estão sob investigação.

Em comparação com o boletim de sábado, último completo divulgado pela Sesap, são 2.080 novos casos e 10 mortes a mais (veja no gráfico acima).

De acordo com a Sesap, o número de pessoas internadas por causa do coronavírus no estado atualmente é de 451, sendo 273 na rede pública e 178 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 63,1% na rede pública e de 77,1% na rede privada.

A Sesap contabiliza ainda 53.557 casos suspeitos e 260.429 descartados. O número de confirmados recuperados segue em 59.105 e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, é de 66.063.

A Sesap também aponta que 385.269 testes de Covid-19 foram realizados em todo o estado, sendo 205.269 RT-PCR (conhecidos também como Swab) e 180.000 sorológicos.

Números registrados  do coronavírus no RN

  • 109.734 casos confirmados
  • 2.873 mortes
  • 59.105 confirmados recuperados
  • 53.557 casos suspeitos
  • 260.429 casos descartados
22 de dezembro de 2020 - 9:06h