RN completa um mês de vacinação contra Covid-19 com 2,3% da população imunizada

Mais de 81 mil pessoas receberam pelo menos um das doses neste período, tendo mais de 99 mil aplicações. Estado avança para vacinação de idosos e aguarda novos lotes da vacina.
Ao todo, 81.474 pessoas receberam pelo menos uma das doses da vacina no estado durante esse primeiro mês. Foram aplicadas, ao todo, 99.749 vacinas, sendo 80.745 de primeira dose e 19.004 de segunda dose.
Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o RN recebeu até o momento 175.340 doses de vacinas, entre Coronavac (143.840) e Vacina de Oxford/AstraZeneca (31.500). O lote mais recente foi recebido no dia 7 de fevereiro. O estado aguarda novo envio do governo federal.
Foram registrados nesse período pelo menos 650 denúncias de fura-fila na vacinação contra a Covid-19 no estado.
Segundo o órgão, as denúncias estão sendo analisadas criteriosamente para, só após, serem encaminhadas para os órgãos de controle, notadamente as Promotorias de Justiça.
As denúncias podem ser feitas anonimamente pelo Disque Denúncia 127, pelo WhatsApp (84) 98863-4585 ou pelo e-mail disque.denuncia@mprn.mp.br. No WhatsApp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

20 de fevereiro de 2021 - 14:08h

Saiba como concorrer a uma das 3 mil vagas de emprego para o Censo 2021 do IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) contratará, temporariamente, 3.313 pessoas no Rio Grande do Norte para o Censo 2021, previsto para ser realizado entre agosto e outubro deste ano. Desse total, 241 vagas são para o cargo de Agente Censitário Municipal (ACM), 724 vagas para Agente Censitário Supervisor (ACS) e os outros 7.922 para recenseadores, que visitam as casas e entrevistam os moradores. Dois editais foram publicados nesta quinta-feira (18). Em todo o Brasil, serão oferecidas 204.307 vagas.

Os candidatos aos cargos de Agente Censitário Municipal (ACM) e de Agente Censitário Supervisor (ACS) farão a mesma prova, e os mais bem colocados em cada cidade vão ocupar a vaga de Agente Censitário Municipal, que tem como função coordenar as atividades do censo nas cidades onde foram aprovados. Já os ACS vão supervisionar as equipes de recenseadores. Com jornada de 40h semanais, as remunerações são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS. Além do salário, os aprovados terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital (clique para ser direcionado).

Como se inscrever

As inscrições devem ser feitas via internet no site da banca organizadora do processo seletivo, o Cebraspe, e estarão abertas desta sexta-feira (19) a 15 de março, para interessados no posto de ACMs ou ACS, e de 23 de fevereiro a 19 de março para os candidatos à vaga de recenseador. A taxa de inscrição para as funções de nível médio (ACM e ACS) é de R$ 39,49 e para recenseador (fundamental completo), de R$ 25,77. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet. As provas para ACM / ACS serão no dia 18 de abril e as provas para recenseador, uma semana depois, em 25 de abril. Os testes serão aplicados em todos os municípios onde houver vagas. O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio. Os profissionais aprovados irão trabalhar na coleta de informações do Censo 2021, que vai entrevistar moradores de todos os domicílios brasileiros. Os contratos para ACM/ACS terão duração prevista de cinco meses; para recenseador, o prazo é de três meses, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

Assuntos das provas

Os candidatos a ACM e ACS farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo programático está disponível no edital. Já os candidatos a recenseador farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. O conteúdo também está no edital. As provas para ACM, ACS e recenseador terão duração de quatro horas e serão aplicadas no turno da tarde. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte à aplicação das provas, a partir das 19 horas, no site do Cebraspe. O resultado final está previsto para 27 de maio.

Protocolos sanitários nas provas

No dia da prova, os candidatos deverão estar munidos de caneta esferográfica cor preta e de material transparente, comprovante de inscrição e documento original com foto. Segundo o IBGE, protocolos sanitários contra a Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova, exigindo o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.

Treinamento para recenseador

Além da prova, os recenseadores receberão treinamento presencial e à distância, de caráter eliminatório e classificatório, com duração de cinco dias e carga horária de oito horas diárias. Para a parte presencial, o IBGE garante que também serão adotados protocolos sanitários contra a Covid-19. Os candidatos que tiverem no mínimo 80% de frequência no treinamento farão jus a uma ajuda de custo. As contratações ocorrem logo em seguida. O trabalho de campo do Censo 2021 começa em agosto.

O IBGE explica que, a partir de agosto até outubro deste ano, todos os cerca de 213 milhões de habitantes, em aproximadamente 71 milhões de endereços, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país.

19 de fevereiro de 2021 - 17:37h

Morre aos 78 anos empresário Durval Dantas, fundador da Maré Mansa

Faleceu nesta sexta-feira (19) o empresário Durval Dantas, fundador Maré Mansa, rede de loja de departamentos com unidades no Rio Grande do Norte e Paraíba. Aos 78 anos, ele lutava contra a Covid-19 e estava hospitalizado na Casa de Saúde São Lucas há duas semanas.

Durval Dantas morreu aos 78 anos. Agricultor até os 30 anos, Durval José Dantas começou a mudar o rumo de sua vida quando decidiu vender chinelas “japonesas”, porta a porta, na zona rural de Carnaúba dos Dantas, onde nasceu. Mesmo sem nunca ter estudos na área, conseguiu construir uma rede que possui 90 lojas, nos setores de móveis, eletrodomésticos, vestuários e calçados, no Rio Grande do Norte e na Paraíba.

O corpo do empresário será velado a partir das 17h horas, no Centro de Velório do Morada da Paz, em Emaús, e o sepultamento está previsto para as 18h20, no mesmo local.

Informamos aos familiares, amigos e irmãos queridos sobre o falecimento de Durval. Glorificamos a Deus pela vida dele que sempre foi exemplo de esposo, pai, avô e amigo.

O velório será no Morada da Paz. Devido ao COVID será restrito a familiares, seguido da missa as 17h e sepultamento.

Haverá transmissão ao vivo através do link:

https://www.moradadamemoria.com.br/perfil/9805

19 de fevereiro de 2021 - 17:13h

Novo auxílio emergencial deverá ser pago a quase 40 milhões de pessoas

O novo auxílio emergencial deverá ser pago a quase 40 milhões de pessoas, incluindo os 14 milhões do Bolsa Família. Um levantamento do Ministério da Economia indica que será esse o número de beneficiários. A estimativa é de pessoas que ainda estão em situação de vulnerabilidade.

O governo encerrou no fim do ano o programa que começou em abril e beneficiou 68 milhões de pessoas, com R$ 294 bilhões, principalmente trabalhadores informais e população de baixa renda, para minimizar os efeitos da pandemia de coronavírus. Mas a pressão política e econômica, com a escalada dos casos de covid-19 após as festas de fim de ano, fez o tema voltar à tona.

O governo federal está negociando com o Congresso Nacional uma nova rodada do benefício, mas que não comprometa teto de gastos.

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, foi apresentado um valor de no mínimo R$ 250 pela equipe econômica aos presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), respectivamente, na última sexta-feira (12), em reunião na residência oficial da Presidência da Câmara.

O valor do auxílio, no entanto, pode chegar a R$ 300. Vai depender do número de parcelas. Se forem três, aumentam as chances de o valor ser de R$ 300. Mas, no caso de quatro parcelas, a tendência é de que o benefício seja de R$ 250.

Pelo acordo, o Senado vai incluir na PEC do Pacto Federativo e Emergencial uma “cláusula de calamidade” para permitir o pagamento do auxílio sem estourar o teto de gastos. A intenção é voltar a pagar o auxílio em março.

17 de fevereiro de 2021 - 19:37h

Pré-selecionados na 2ª chamada do Prouni têm até dia 24 para matrícula

Os candidatos pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni), para o primeiro semestre deste ano, têm até o dia 24 de fevereiro para comparecer às instituições de ensino para confirmar as informações declaradas na inscrição e fazer a matrícula. O prazo começou no dia 8 de fevereiro. A lista com o nome dos selecionados, bem como o cronograma do programa, pode ser acessada por meio do site do Prouni.

Para aqueles que não foram selecionados nas chamadas regulares, o programa oferece ainda a oportunidade de participar da lista de espera. Para isso, o estudante deve manifestar essa intenção pelo site nos dias 1º e 2 de março. A divulgação do resultado da lista de espera sai em 5 de março e as matrículas deverão ser realizadas entre 8 e 12 de março.

Neste ano, o programa oferece bolsas para 13.117 cursos em 1.031 instituições de ensino, localizadas em todos os estados e no Distrito Federal. São mais de 162 mil bolsas ofertadas, sendo 52.839 para cursos na modalidade de educação à distância.

17 de fevereiro de 2021 - 19:35h

Bancos retomam atendimento nesta quarta-feira

Após o fechamento nos dias 15 e 16, as agências bancárias reabrem hoje (17) a partir das 12h, com encerramento em horário normal de fechamento das agências. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de funcionamento.

Mesmo com o cancelamento dos pontos facultativos e das festas de carnaval em muitos estados e municípios, os bancos ficaram de portas fechadas para o atendimento ao público, em razão da pandemia causada pela covid-19. A orientação da Febraban é que os clientes utilizem, preferencialmente, mesmo com o retorno do atendimento, os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas.

17 de fevereiro de 2021 - 19:33h

Confira os registros pluviométricos das últimas horas na região

Cajazeirinhas – 6,2 mm

Cruzeta – 45 mm

Bairro Serrote Branco – Caicó – 38 mm

Jardim de Piranhas – 50 mm

Sítio Quixabinha – Jardim do Seridó – 22 mm

Bairro Santa Costa – 10 mm

Bairro Nova Caicó – 24 mm

Bairro Paulo VI – 35 mm

Sítio Varzea Redonda – 35 mm

Sítio Mucunã – 75 mm

Sítio Badaruco – 10 mm

Sítio Santa Cruz – 20 mm

Bairro Paraíba – 16 mm

Sítio Buraji – 80 mm

Sítio Alegre – Caicó – 28 mm

Sítio Nova Olinda – Caicó – 15 mm

Sítio Ourives – 75 mm

Sítio Solidão – 30 mm

Emparn/Cruzeta – 10 mm

Coahb – Jucurutu – 20 mm

Sítio Macambira – Caicó – 40 mm

Fazenda Aurora – 55 mm

Ipueira – 35 mm

Sítio Barra da Espingarda – Caicó – 11 mm

Sítio Caiçara – Várzea/PB – 32 mm

Fazenda Belém – 50 mm

Florânia – 132 – mm

17 de fevereiro de 2021 - 19:30h

Belo é preso por show em escola no Rio durante a pandemia

O cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo, foi preso nesta quarta-feira (17) pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

O artista é investigado pela realização de um show no sábado (13), no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio, apesar das proibições devido à pandemia.

Como o evento foi em uma escola estadual do Parque União e não teve autorização das autoridades de Saúde, a polícia também investiga a invasão ao colégio. Segundo investigadores, as salas de aula do Ciep 326 – Professor César Pernetta foram utilizadas como camarotes.

A operação se chama “É o que eu mereço”, em referência a uma das músicas do cantor, que chegou à DCOD por volta das 15h30 desta quarta.

Na chegada, ele afirmou que precisa “saber o que está acontecendo enquanto achar que cantar e fazer musica é crime”. O G1 procurou a assessoria de Belo, mas não havia obtido retorno até a última atualização desta reportagem.

Mulher de Belo, a modelo Gracyanne Barbosa, que visitou Belo na Cidade da Polícia nesta quarta, postou um texto no Instagram. Ela argumentou que o marido “chega pela porta de trás nos locais de shows, vai direto ao camarim e entra no palco. Só em cima dele tem o contato e a noção do público”.

Gracyanne também afirmou que o cantor cumpre normas e testa a equipe contra a Covid-19. “Ele se preocupa com aglomerações e sempre reivindica quando se burla alguma regra deixando ele ou seus fãs em risco”, escreveu.

Após ter aberto inquérito para apurar as circunstâncias do show de Belo na Maré, a DCOD cumpriu nesta quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

Uma das buscas foi na sede da produtora Série Gold, organizadora do evento, onde foram apreendidos equipamentos, a aparelhagem de som, documentos e veículos. Na casa de Belo, foram apreendidos dinheiro e duas pistolas.

Após ter aberto inquérito para apurar as circunstâncias do show de Belo na Maré, a DCOD cumpriu nesta quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

O que disse Belo sobre a investigação

a época da abertura da investigação, o cantor disse à TV Globo:

“Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias”.

Ao abrir a investigação, a polícia informou todas as pessoas envolvidas no evento seriam ouvidas, inclusive o cantor – ele deveria ser intimado para esclarecer quem pagou o cachê do show.

Outras prisões de Belo

Belo já foi preso em outras duas ocasiões. O músico foi condenado no dia 30 de dezembro de 2002 a seis anos de prisão, acusado de associação para o tráfico depois de, segundo a polícia, negociar drogas e armas pelo telefone com um traficante. Na ocasião, ficou preso por cerca de um mês e conseguiu, após entrar com um recurso, o direito de responder em liberdade.

O Ministério Público recorreu da decisão e a 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio aumentou a pena do cantor para oito anos. Belo foi preso novamente em novembro de 2004. Ele estava escondido dentro de casa, na Zona Oeste do Rio. Desta vez, passou três anos e oito meses na cadeia.

17 de fevereiro de 2021 - 19:28h

Mais de 22 mil pessoas recebem hoje parcelas do auxílio emergencial

O governo federal paga hoje (10) parcelas do auxílio emergencial para 22.233 pessoas, um total de R$ 20,95 milhões. O benefício é concedido após processos de reavaliações decorrentes de atualização da base de dados e de contestações de cidadãos que tiveram os pagamentos negados e que foram considerados elegíveis. No mês passado, 196 mil pessoas também receberam recursos após essas análises.

Com ele é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas, e transferir os recursos sem o pagamento de tarifas.

10 de fevereiro de 2021 - 18:32h

Horário de funcionamento dos bancos muda durante Carnaval 2021

Apesar de muitos municípios brasileiros cancelarem o ponto facultativo do Carnaval 2021, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) afirmou, nesta sexta-feira (5), que o feriado está mantido nos dias 15 e 16 de fevereiro, segunda e terça-feira de Carnaval, portanto não haverá atendimento ao público nas agências bancárias nestas datas.

10 de fevereiro de 2021 - 18:31h