Reservas hídricas estaduais somam 45% da sua capacidade

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta sexta-feira (18), indica que as reservas hídricas superficiais totais do Estado são de 1.998.022.933 milhões de metros cúbicos, equivalentes a 45,65% da sua capacidade total que é de 4.376.444.842 m³. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora os 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

Dos reservatórios 47 monitorados pelo Igarn, 3 estão em situação considerada “nível de alerta”, com volumes inferiores a 10% das suas capacidades totais, são eles: Flechas, localizado em José da Penha, com 8,8%; Itans, localizado em Caicó, com 8,6% e Esguicho, localizado em Ouro Branco, com 1,05%. Existe ainda o caso de Passagem das Traíras, que passa por obras e não pode acumular grande volume de água, que está com 0,15% da sua capacidade.

21 de dezembro de 2020 - 8:36h

MEC publica edital do Fies 2021 com inscrições em janeiro

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta sexta-feira (18) o edital do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2021. O edital prevê inscrições abertas entre 26 e 29 de janeiro e usará as notas do Exame Nacional do Ensino Médio de edições anteriores, a partir de 2010. Como o Enem 2020 será realizado em janeiro e as notas serão divulgadas em março, não será possível usar o desempenho desta edição para concorrer ao financiamento estudantil do primeiro semestre.

O mesmo vai acontecer com o Programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo em universidades privadas e também seleciona pelas notas do Enem. O edital, publicado na segunda-feira (14), também prevê abertura de inscrições em janeiro. O Fies e o Prouni são os principais programas de acesso ao ensino superior privado do país.

21 de dezembro de 2020 - 8:31h

Lei que garante meia-passagem no transporte rodoviário intermunicipal a estudantes é regulamentada no RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, regulamentou a Lei Estadual nº 8.215, de 31 de julho de 2002, que assegura o direito dos estudantes à meia-passagem no transporte rodoviário intermunicipal de passageiros no estado. O decreto foi publicado no Diário Oficial deste sábado (19).

A lei é de autoria da própria governadora quando era deputada estadual. Têm direito ao benefício do abatimento de 50% estudantes regularmente matriculados nos estabelecimentos de ensino, públicos ou particulares, de ensino fundamental, médio, médio técnico, superior e pré-Enem do Rio Grande do Norte.

Os estudantes precisam ser portadores de Carteira de Identificação Estudantil (CIE), padronizada nos termos da Lei Federal nº 12.933, de 2013, ou do Cartão do Estudante do Rio Grande do Norte (CERN), emitido por entidade ou empresa credenciada pelo Conselho Estadual Administrativo da Meia-Passagem Estudantil (Campe), instituído no ato da governadora.

21 de dezembro de 2020 - 8:29h

RN ganha nova Delegacia Virtual para registros de boletins de ocorrência pela internet

A Polícia Civil do RN tem uma boa notícia para os potiguares e visitantes. A partir das 8h da segunda-feira (21), começa a funcionar no Rio Grande do Norte a sua nova Delegacia Virtual. A ferramenta, que ficará à disposição da população 24 horas, está sendo implantada em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Neste primeiro momento, a Delegacia Virtual possibilita a comunicação de 19 tipos de ocorrências, entre elas furtos, extravios e crimes de menor potencial, como ameaça, calúnia, injúria, difamação e estelionato. Porém, ela também poderá abranger outros tipos de crimes. A novidade estará disponível por meio da integração do sistema nacional com os sistemas estaduais, garantindo maior eficiência, segurança, agilidade e comodidade para a comunicação de ocorrências.

Adson Maia, delegado responsável pela implantação da Delegacia Virtual no RN, explica que existe um diferencial desta nova ferramenta em comparação à Delegacia Eletrônica que já existe em funcionamento no estado. “Até então, o cidadão que usava a internet para registrar uma ocorrência, ele precisava ficar acessando o sistema para acompanhar se o registro feito havia sido aceito e homologado. Agora, neste novo modelo, assim que o registro é aprovado e formalizado, o próprio sistema envia o B.O. automaticamente para o e-mail informado pelo comunicante”, destacou.

Ainda de acordo com o delegado, o usuário pode fazer a comunicação de qualquer lugar, basta utilizar um dispositivo eletrônico com conexão de internet, seja por smartphone, computador ou tablete.

21 de dezembro de 2020 - 8:27h

Brasil tem 4,6% das crianças e adolescentes em trabalho infantil, aponta IBGE

Em 2019, o país tinha 38,3 milhões de pessoas com idade entre 5 e 17 anos, das quais 1,8 milhão estavam em situação de trabalho infantil. Houve redução de 16,8% no contingente de crianças e adolescentes em trabalho infantil frente a 2016, quando havia 2,1 milhões de crianças nessa situação.

Proporcionalmente, o Brasil tinha 5,3% de suas crianças e adolescentes em trabalho infantil em 2016, percentual que caiu para 4,6% em 2019.

Os dados constam da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua – Trabalho das Crianças e Adolescentes divulgada hoje (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano passado, havia 706 mil crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos de idade ocupadas nas piores formas de trabalho infantil. Em 2016, esse contingente era de 933 mil. Percentualmente, 45,9% das crianças que trabalhavam estavam ocupadas em atividades perigosas em 2019. Em 2016, esse percentual era de 51,2%. Qualquer forma de trabalho é proibida no país para quem tem até 13 anos.

De acordo com a Lista das Piores Formas de Trabalho Infantil, a operação de tratores e máquinas agrícolas, o beneficiamento do fumo, do sisal e da cana-de-açúcar, a extração e corte de madeira, o trabalho em pedreiras, a produção de carvão vegetal, a construção civil, a coleta, seleção e beneficiamento de lixo, o comércio ambulante, o trabalho doméstico e o transporte de cargas são algumas das atividades elencadas.

Segundo a coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, Maria Lúcia Vieira, a diminuição do trabalho infantil pode ser explicada, em parte, pelos programas de transferência de renda que tinham como objetivo evitar a evasão escolar.

Entre as crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, 66,4% eram homens e 66,1% eram pretos ou pardos, proporção superior à dos pretos ou pardos no grupo etário dos 5 aos 17 anos de idade (60,8%).

Na população de 5 a 17 anos de idade, 96,6% estavam na escola, mas entre as crianças e adolescentes em trabalho infantil, essa estimativa cai para 86,1%.

Entre as pessoas em situação de trabalho infantil, 53,7% estavam no grupo de 16 e 17 anos de idade; 25% no grupo de 14 e 15 anos e 21,3% no de 5 a 13 anos de idade.

Os grupamentos da agricultura e do comércio e reparação reuniam, respectivamente, 24,2% e 27,4% dessas crianças e adolescentes. Somadas, essas duas atividades reuniam mais da metade (51,6%) da população em situação de trabalho infantil.

O rendimento médio real das pessoas de 5 a 17 anos em situação de trabalho infantil que realizavam atividade econômica foi estimado em R$ 503. Já o rendimento médio da população de cor branca era de R$ 559 enquanto de cor preta ou parda é R$ 467.

18 de dezembro de 2020 - 8:30h

Com covid-19, atriz do ‘Zorra’ morre à espera de leito em CTI no Rio

A atriz Christina Rodrigues, de 47 anos, morreu em decorrência de complicações da covid-19, na manhã desta quinta-feira. A informação é da “Folha de S. Paulo”. Christina estava na enfermaria da UPA da Tijuca, na Zona Norte do Rio, desde segunda-feira.

Ela tinha sintomas graves e dificuldades para respirar e esperava uma vaga para ser transferida para um leito de CTI.Christina era conhecida por atuar em quadros do “Zorra Total”, programa de humor que saiu da grade de programação da Globo. Ela também fez participações em “Malhação: Sonhos” e “Beleza Pura”. A atriz não era casada e não teve filhos. 

“Com pesar, informamos que a paciente Christina Maria Rodrigues Teixeira apresentou piora e foi a óbito no fim desta manhã”, disse a Secretaria de Estado de Saúde do Rio em nota.

18 de dezembro de 2020 - 8:27h

Covid-19: 603 mil potiguares serão vacinados nas duas primeiras fases

O Rio Grande do Norte terá 603 mil pessoas imunizadas nas duas primeiras etapas de vacinação contra a Covid-19. O Plano Nacional de Imunização (PNI), com quatro fases de aplicação ao todo, foi definida nesta quarta-feira 16 pelo Ministério da Saúde. Apesar de o plano ter sido divulgado oficialmente, o governo federal ainda não fixou as datas das primeiras aplicações. A estimativa é de que os primeiros públicos-alvo comecem a receber a vacina de proteção contra o novo coronavírus a partir de fevereiro. Nesta quarta 16, ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, explicou que os dois laboratórios nacionais que participam do desenvolvimento de vacinas, Fiocruz e o Instituto Butantã, devem apresentar ainda em dezembro os dados finais de pesquisa de seus imunizantes e pedir o registro do produto na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A ideia é receber 2 milhões de doses da Pfizer no primeiro trimestre de 2021. Na 1ª fase, serão imunizados trabalhadores da saúde, população idosa com mais de 75 anos, pessoas com 60 anos ou mais que vivem em asilos ou instituições psiquiátricas e população indígena. Nesta primeira fase, serão imunizadas 29 milhões de pessoas em todo o Brasil. No Rio Grande do Norte, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), serão vacinados 523 mil idosos. Além disso, outros 80 mil profissionais da saúde, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), também serão imunizados. Na 2ª fase do plano, entram pessoas de 60 a 74 anos. A 3ª prioriza pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, como as que têm doenças renais crônicas e cardiovasculares. Para esta etapa, serão 44 milhões de brasileiros. No âmbito potiguar, são mais de 300 mil pessoas. Segundo a pasta, a 4ª fase deve abranger professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e detentos. O Ministério da Saúde não informou quando o restante da população será vacinado

 A governadora Fátima Bezerra considerou positivo o fato da administração federal anunciar que vai adquirir todas as vacinas que tenham o respaldo técnico e científico da Anvisa e a edição de uma Medida Provisória para garantir recursos à logística de distribuição e armazenamento das vacinas. A governadora, entretanto, registrou a ausência de um calendário com o cronograma para a vacinação. Segundo ela, o governo estadual vai instalar centrais de distribuição em todas as regionais de saúde. Para isso, serão distribuídas câmaras frias, equipamentos de proteção individual.

17 de dezembro de 2020 - 9:05h

Plano prevê 350 milhões de doses de vacinas contra a covid-19

O governo federal lançou ontem nova versão do Plano Nacional de Imunização contra a covid-19. No documento, a pasta não estima data para começo da vacinação, mas afirma já negociar cerca de 350 milhões de doses para 2021, o que seria suficiente para imunizar 175 milhões de brasileiros.

Além dos acordos já mencionados na versão anterior do plano, que incluíam as vacinas de Oxford/AstraZeneca (210 milhões), Covax Facility (42,5 milhões) e Pfizer (70 milhões), o Ministério da Saúde adicionou ao planejamento 38 milhões de doses do imunizante da farmacêutica Janssen, que também está sendo testado no Brasil. De acordo com o governo federal, 3 milhões de doses dessa vacina seriam disponibilizadas no segundo trimestre de 2021, 8 milhões, no terceiro trimestre, e 27 milhões, no quarto trimestre do ano que vem.

17 de dezembro de 2020 - 8:40h

Última parcela do auxílio emergencial será paga a 54% das famílias no RN

Mais da metade das famílias do Rio Grande do Norte deverão receber, ao longo deste mês de dezembro o auxílio emergencial pago pelo governo federal, cujos valores variam de R$ 300 a R$ 600. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 444,7 mil dos 822 mil domicílios potiguares (54,1%) receberam, em outubro, o auxílio criado para diminuir os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus. O percentual deverá se repetir até o fim de 2020. O recurso deve compensar a ausência do 13º do Bolsa Família este ano, que fez circular R$ 66,5 milhões a mais na economia potiguar em dezembro de 2019. Governo federal não confirmou o pagamento do abono natalino às famílias inscritas no Programa Bolsa Família até o final do mês.

A criação do auxílio, com o início da pandemia do novo coronavírus, ajudou o rendimento das famílias a crescer 3% em relação a 2019. O crescimento é proveniente principalmente das primeiras parcelas, de R$ 600, e do benefício automático para quem já era beneficiário do Bolsa Família. Sem o programa, economistas estimam que a massa de rendimentos cairia 6,1% no Brasil, devido ao aumento do desemprego e ao impacto sobre o trabalho informal.

O governo federal não sinaliza que fará uma renovação, e as famílias que não voltarem ao Bolsa Família poderão ficar sem renda com o aumento do desemprego e recessão da economia, com o aumento da inflação, causadas pela pandemia.

17 de dezembro de 2020 - 8:31h

Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morre no Rio aos 68 anos

O cantor Paulo César Santos, o Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova, morreu na noite desta segunda-feira (14), aos 68 anos. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D’or, na Zona Sul do Rio. A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da banda e pela unidade de saúde. O hospital disse ainda que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes.

No mês passado, Paulinho foi internado com Covid-19. Em setembro, ele passou por um transplante de medula óssea para tratar de um linfoma. No procedimento, foram utilizadas as próprias células do paciente. Ele respondeu bem ao tratamento, mas depois precisou ser novamente internado para tratar a Covid. Em uma postagem nas redes sociais nesta segunda-feira (14), a banda informou que o quadro de saúde dele era delicado.

15 de dezembro de 2020 - 9:20h