Caixa divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família em 2021

Responsável por operar o Bolsa Família, a Caixa Econômica Federal divulgou hoje (4) o calendário de pagamentos do benefício social para 2021. Em janeiro, o pagamento será feito entre os dias 18 e 29. Programa com 14 milhões de famílias inscritas, o Bolsa Família paga os beneficiários conforme o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Os depósitos ocorrem sempre nos dez últimos dias úteis de cada mês.

Em dezembro, a Caixa começou a migração dos beneficiários que ainda sacam o Bolsa Família exclusivamente com o Cartão Cidadão para a conta poupança social digital. Usada no pagamento do auxílio emergencial, a conta poupança permite o pagamento de boletos e de contas domésticas (como água, luz e gás).

6 de janeiro de 2021 - 9:58h

PM faz cerimônia de apresentação de novos alunos para curso no RN

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte realizou uma cerimônia de apresentação dos novos alunos do curso de formação de praças militares, nesta segunda-feira 4. Mais de 280 alunos entraram pelo portão principal do Quartel do Comando Geral da corporação, em um ato simbólico, que dá início à formação. A segunda turma foi convocada após a formatura da primeira turma de aprovados no concurso realizado pela corporação em 2019. Mais de mil soldados foram formados e integrados às tropas militares do estado no final de 2020. A lista dos candidatos matriculados – referente ao Concurso Público regido pelo Edital nº 003/2018 – foi publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira 31. A maior parte das convocações são de mulheres – mais de 200. De acordo com a PM, o curso terá carga horária de 1.430 horas/aula, num total de 240 dias letivos, sendo executado pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar. Na grade, são contempladas disciplinas como direitos humanos, fundamentos jurídicos da atividade policial, abordagem policial, policiamento de eventos, atendimento pré-hospitalar, tiro policial, ordem unida, dentre outras. O objetivo do curso é capacitar de forma técnico-profissional o aluno soldado da PM, desenvolvendo competências para o enfrentamento da violência e da criminalidade nas suas várias formas de manifestação, “capacitando o aluno do CFP, para agir dentro dos parâmetros legais, técnicos e éticos, atuando de forma proativa na resolução de problemas”.

5 de janeiro de 2021 - 9:31h

RN já tem 900 mil seringas em estoque para iniciar vacinação contra a Covid-19

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), confirmou ao Agora RN que há 900 mil seringas em estoque, armazenadas na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), em Natal. A quantidade de insumos é suficiente para garantir a primeira dose às 730 mil pessoas que compõem os grupos prioritários das três primeiras fases de vacinação contra a Covid-19 no RN. O número é superior, inclusive, à população de Natal: 884.122 habitantes. A vacina CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac, é a mais cotada para iniciar o processo de imunização no Estado potiguar. O Instituto Butantan, produtor do imunizante no Brasil, reforçou ao Agora RN que o governo estadual assinou o memorando de interesse na compra da vacina. Contudo, a instituição destaca que não é possível informar prazo nem quantidade de doses que serão enviadas para o RN, pois o desdobramento do trâmite depende da aprovação da CoronaVac por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nesse sentido, o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou na segunda-feira 4 que o pedido para uso da CoronaVac deverá ser feito nas próximas 48 horas, “entre hoje e amanhã”. O Estado paulista iniciou a articulação de aquisição do imunizante após impasse do Ministério da Saúde sobre o Programa Nacional de Imunização (PNI) contra o novo coronavírus. Além de SP e RN, outros nove estados brasileiros firmaram contrato para compra, em dezembro de 2020. Gorinchteyn também disse que os dados sobre a eficácia do imunizante serão divulgados ainda nesta semana, possivelmente até quinta-feira 7. “Vai existir a solicitação tanto de uso emergencial como de uso definitivo. E dessa forma, existem questões burocráticas, de documentos que estão sendo juntados para serem enviados nos próximos dias para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Nesta semana serão enviados. Possivelmente hoje ou amanhã. Isso vai depender do próprio Instituto Butantan ter toda documentação já estabelecida”, afirmou, em entrevista à Rádio Bandnews. O pedido será feito pelo Instituto Butantan. Gorinchteyn explicou novamente que o laboratório SinoVac impediu, por enquanto, a divulgação dos dados de eficácia da vacina, mas disse que esse índice é maior que 50%, o mínimo necessário para aprovação da vacina, prometendo divulgá-lo até quinta-feira. “Os materiais foram enviados para China, a pedido da SinoVac, para reavaliar detalhes. Possivelmente teremos os dados de eficácia no dia 7 de janeiro. Digo ‘possivelmente’, porque podemos ter algum delay (atraso) de horas, mas acredito que até o dia 7 já tenhamos os dados”, afirmou Jean. A expectativa da Sesap, divulgada em dezembro, é iniciar o plano de imunização estadual em 21 de janeiro. Para que isso ocorra dentro das estimativas, o Ministério da Saúde precisa ter iniciado a distribuição das doses do Plano Nacional de Imunização (PNI) ainda na primeira quinzena de janeiro – o que deve não se concretizar, considerando o atual cenário. Somando ao estoque de seringa existente, a Sesap revelou que dois milhões de seringas, com agulhas de 25×6, destinadas especificamente à vacinação contra Covid-19, estão em fase de aquisição. Além disso, outras 150 mil seringas (com agulha 20×5,5) também serão adquiridas para a imunização contra o novo coronavírus. A pasta não informou o valor que será gasto com a compra dos insumos. Também não detalhou como será o processo de compra nem se será feito com dispensa de licitação. Eficácia O governo de São Paulo já tinha admitido que a vacina não chegou ao nível de 90% de eficácia, atingido pela maioria das vacinas contra Covid-19. E Gorinchteyn disse que não sabe qual é o valor exato, pois isso está em sigilo, por contrato. Segundo ele, apenas a SinoVac, o Instituto Butantan e a Anvisa estão tratando desse assunto. A divulgação do índice de eficácia chegou a ser prometida no final do ano passado, mas foi adiada porque houve divergência entre os dados dos estudos em diferentes países. Na Turquia essa porcentagem chegou a superar os 90%. Gorinchteyn levantou uma hipótese para explicar essa diferença: o aumento de casos no Brasil a partir de novembro. “Em 20 de outubro, no Brasil, fomos obrigados a convocar mais voluntários, ao todo 12 mil. E obtivemos mais casos de Covid-19, no Brasil todo, em novembro. Então, de forma rápida, atingimos 72 casos, o que permitiu a análise preliminar em 15 de novembro. Mas agora já tivemos 174 casos positivos, o que criou possibilidade de abertura para pedido de uso definitivo”, disse ele. “Frente a essa ascensão rápida dos casos, é possível que pessoas tenham positivado depois de tomar uma dose só da vacina, não duas. Por isso, essa análise detalhada, de quando foi a infecção, será feita. Porque, para ter imunização plena, precisa de duas doses. Essa análise vai trazer luz para ver o que aconteceu com esses pacientes positivados mesmo com vacina”, explicou Jean. O secretário de Saúde também reafirmou que ainda não há um acordo definitivo com o Ministério da Saúde para que a CoronaVac seja utilizada em todo Brasil. As negociações estão abertas, e a vacina está prevista no PNI (Programa Nacional de Imunização).

5 de janeiro de 2021 - 9:27h

PRF contabiliza 903 acidentes e 67 mortes em rodovias no ano-novo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 903 acidentes em rodovias federais entre os dias 30 de dezembro e 3 de janeiro. O número é 1% maior do que o registrado no mesmo período de 2019. Deste total, 254 foram considerados graves, por terem resultado em vítimas – 11% a menos do que no ano passado. Ao todo, 67 pessoas perderam a vida nessas rodovias. O total de vítimas fatais foi 9% menor do que o registrado no ano anterior.

De acordo com o balanço divulgado hoje (4) pela PRF, 1.150 pessoas ficaram feridas, o que representa queda de 6% na comparação com a Operação Ano-Novo do ano passado. Durante a operação, mais de 3,3 mil testes do etilômetro foram aplicados, resultando no flagrante de 479 motoristas que dirigiam após terem consumido bebida alcoólica – número 65% menor do que o registrado no período de 28 de dezembro de 2019 a 1º de janeiro de 2020.

Cerca de 6 mil condutores foram autuados pela manobra arriscada. Na comparação com o feriado de ano-novo de 2019 para 2020, o número representa aumento de 17%.

A PRF verificou também se os motoristas estavam usando os equipamentos de segurança obrigatórios. Segundo o órgão, mais de 800 ocupantes de motocicletas não usavam o capacete (11% a menos que no ano passado). No caso dos automóveis, cerca de 3,7 mil (-7%) pessoas viajavam sem o cinto de segurança, item cujo uso é obrigatório para motoristas e passageiros. Ao todo, 180 (+49%) motoristas foram flagrados usando celular enquanto dirigiam.

Durante a operação deste feriado de fim de ano, a PRF reforçou a fiscalização e o trabalho de prevenção a acidentes nos principais pontos de acidentes e de maior incidência de práticas criminosas. Mais de 125 mil veículos e pessoas foram fiscalizados.

As ações de educação para o trânsito, que visam a conscientização das pessoas sobre a importância de se obedecer as leis de trânsito, atingiram mais de 3,3 mil pessoas.

5 de janeiro de 2021 - 9:18h

O RN chega a marca de 3 mil mortos pela COVID -19 neste domingo (3)

O Rio Grande do Norte alcançou a marca de 3 mil mortos pela Covid-19 neste domingo 3, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Nas últimas 24 horas, cinco potiguares morreram em decorrência da doença. Até o sábado 2, a Sesap contabilizava 2.995 óbitos causados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registradas mortes nas cidades de Mossoró, Natal, Guamaré, Caraúbas e São Gonçalo do Amarante. Ainda de acordo com a Sesap, o Rio Grande do Norte registrou 388 novos casos da doença neste domingo. Com isso, o número de infecções subiu para 119.079.

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/rn-alcanca-a-marca-de-3-mil-mortos-pela-covid-19-casos-passam-dos-119-mil/ | Agora RN

3 de janeiro de 2021 - 18:30h

Atualização do Boletim epidemiológico da Prefeitura de Currais Novos

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, confirma na tarde deste domingo (03), mais dezessete (17) novos casos, totalizando 1325 casos de Covid19 no município de Currais Novos, ressaltando que esses novos casos são referentes ao acumulado dos últimos 3 dias.

Eis os novos casos:

O 1309º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 1310º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1311º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1312º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1313º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1314º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 1315º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1316º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1317º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1318º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1319º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 1320ºbcaso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 31 e 40 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 1321º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 81 e 90 anos, diagnosticado via teste rápido;
O 1322º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 41 e 50 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1323º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 51 e 60 anos, diagnosticada via teste rápido;
O 1324º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticada via teste rápido;
E o 1325º caso, trata-se de paciente do sexo feminino, faixa etária entre 61 e 70 anos, diagnosticada via teste rápido.

Os casos suspeitos e confirmados continuam sendo monitorados pelas equipes da Vigilância em Saúde do município e se encontram em isolamento domiciliar.

3 de janeiro de 2021 - 17:47h

Esta valendo. Salário mínimo é de R$ 1.100

salário mínimo de R$ 1.100 começou a valer a partir desta sexta-feira (1º). O novo piso, anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro na quarta-feira (30) em rede social, apesar de ter vigência imediata, terá de ser aprovado pela Câmara e pelo Senado e depois convertido em lei.

Com o reajuste de 5,26% acima dos R$ 1.045, o valor aumentou em R$ 55. O aumento afeta aposentadorias, abono salarial e benefícios sociais. 

3 de janeiro de 2021 - 8:52h

Unicef estima que nasceram no 1 º dia do ano mais de 370 mil crianças no planeta

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) estima que dia(1º)  nasceram mais de 370 mil crianças em todo o planeta, metade delas em dez países, entre eles a Índia, China e Nigéria. Segundo as previsões da Unicef, nasceram 371.504 bebês no primeiro dia de 2021, dos quais 60 mil na Índia, cerca de 35.6 mil na China e mais de 21.4 mil na Nigéria. Além destes, 14.161 vieram ao mundo no Paquistão, 12.336 na Indonésia, 12.006 na Etiópia, 10.312 nos Estados Unidos da América, 9.455 no Egito, 9.236 em Bangladesh e 8.640 na República Democrática do Congo. A organização prevê também que durante 2021 nascerão 140 milhões de crianças, que terão uma esperança média de vida de 84 anos. “As crianças que nascem hoje chegam a um mundo muito diferente do que há um ano e um Ano-Novo traz novas oportunidades de ser reinventado”, declarou a diretora executiva da Unicef, Henrietta Forre, que também recordou que em 2021 a organização cumprirá 75 anos de vida.

3 de janeiro de 2021 - 8:44h

Mega da Virada 2020: duas apostas acertaram as seis dezenas

A Mega da Virada sorteou nesta quinta-feira (31) as seis dezenas do concurso especial. O prêmio é  estimado pela Caixa em R$ 325 milhões e não acumula.

O sorteio do concurso 2.330 foi realizado em São Paulo e transmitido pelas redes sociais e pela televisão.

Duas apostas vencedoras vão dividir o prêmio, e cada uma vai levar R$ 162.625.108,22.

As dezenas sorteadas foram: 17 – 20 – 22 – 35 – 41 – 42.

A quina teve 1.384 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.978,81. Já a quadra teve 105.342 apostas ganhadoras, cada uma levará R$ 919,27.

O último concurso do ano é o único que não acumula. Se ninguém acertar todos os números, o prêmio é dividido entre os apostadores que acertarem cinco dezenas, e assim sucessivamente até aparecer um ganhador.

Na última Mega da Virada, quatro pessoas dividiram prêmio de mais de R$ 304 milhões. As dezenas sorteadas foram: 03, 35, 38, 40, 57 e 58.

3 de janeiro de 2021 - 8:19h

Fiocruz busca importar dois milhões de doses e antecipar vacinação contra o coronavírus para janeiro

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) articula a importação de dois milhões de doses prontas da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca para começar o calendário de imunização contra o coronavírus já neste mês. O laboratório brasileiro ainda informou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que irá pedir o aval para uso emergencial do produto na próxima semana.

Em ofício de 31 de dezembro de 2020, a Fiocruz pede que a Anvisa libere a importação excepcional destas doses. A informação foi divulgada pela revista Veja e confirmada pelo Estadão. Importações deste tipo costumam ser avaliadas em reunião da diretoria colegiada da agência, que é formada por cinco membros.

3 de janeiro de 2021 - 8:18h