Um mês após primeiro caso confirmado de coronavírus no RN, estado tem 17 mortes pela doença

O Rio Grande do Norte tem 17 mortes por coronavírus, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde nesta segunda (13), dia que completa um mês do primeiro caso confirmado de Covid-19 no estado.

A secretaria de Estado de Saúde Pública confirmou que investiga mais 12 óbitos por suspeita de Covid-19.

No boletim epidemiológico mais atualizado, a Sesap também informou que já são 304 pacientes infectados pelo novo Coronavírus no Estado potiguar, além de 2.871 casos suspeitos

13 de abril de 2020 - 9:30h

Governo do RN publica medidas e intensifica restrições de circulação até o dia 23

Diante da evolução no número de casos do novo coronavírus no Rio Grande do Norte, o Governo do Estado vai ampliar as restrições de circulação de pessoas em todo o território com o objetivo de diminuir o contágio da doença. O Decreto Estadual Nº 29.600, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (9), atualiza as questões referentes ao funcionamento do comércio, do transporte coletivo e das feiras livres.

A partir de sexta-feira (10) e até o próximo dia 23, o Governo determina que o transporte coletivo intermunicipal deve funcionar de segunda a sexta-feira, com as viagens iniciando-se às 5h e o horário de chegada máximo às 20h. Os veículos devem circular apenas com passageiros sentados. A exceção fica por conta do transporte entre Natal e as cidades de Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Ceará-Mirim, que poderá funcionar aos finais de semana, com a mesma restrição de horários e de lotação apenas nos assentos.

COMÉRCIO

A ampliação das restrições também é direcionada ao setor privado. Entre os dias 14 e 23, todo o comércio e demais atividades privadas deverão ser fechadas, com exceção dos serviços essenciais como as áreas de saúde, alimentação e segurança. Também se incluem na lista serviços como coleta de lixo, transmissão de energia, telefonia e internet, serviços postais e bancários, transporte de cargas e postos de combustíveis.

Os estabelecimentos que comercializam alimentos, bebidas não alcoólicas e de materiais de construção ou reforma não poderão funcionar entre 19h e 6h do dia seguinte, em todos os dias da semana.

O Decreto ainda aponta que os municípios devem disciplinar o funcionamento de feiras livres, condicionando a autorização à aplicação das medidas de segurança necessárias para manter o distanciamento das pessoas e evitar a disseminação do novo coronavírus.

Fica proibida qualquer tipo de venda para consumo no local das feiras, incluindo o corte e a exposição de produtos para consumo nas barracas. Os pontos de venda devem manter um distanciamento mínimo dois metros, em todas as direções, com os feirantes utilizando sempre luvas descartáveis e máscaras de proteção. Álcool 70% e pias com água e sabão devem ser disponibilizadas para feirantes e compradores, com um controle do fluxo de pessoas para evitar aglomerações, filas e contatos próximos. O Decreto ainda pontua a necessidade de alternância dos dias de feira e a instalação das barracas em ambientes amplos e arejados.

Fonte: Blog do BG

9 de abril de 2020 - 7:19h

RN tem 8 mortes por coronavírus e 254 casos confirmados, afirma Sesap

O Rio Grande do Norte tem 8 mortes por Covid-19, 254 casos confirmados da infecção, além de 2.430 suspeitos e 809 descartados. Os dados foram atualizados no fim da manhã desta terça-feira (7), pela Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap).

A oitava morte confirmada diz respeito a um dos quatro casos que estavam sob investigação no estado. O óbito foi registrado no município de São Gonçalo do Amarante, na região Metropolitana de Natal.

Na atualização feita pela Secretaria nesta segunda-feira (6), o estado registrava 2.363 casos suspeitos e 246 confirmados. Até então, 7 mortes haviam sido registradas por infecção provocada pelo novo coronavírus.

Fonte: Agora RN

7 de abril de 2020 - 14:25h

RN tem 242 infectados pelo novo coronavírus; mortes são 7 e casos suspeitos 2.354

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) divulgou neste domingo (5) que o número de casos confirmados de coronavírus no estado aumentou para 242. Na véspera, foram confirmados 215, tendo um aumento de 27 casos. Ao todo, são 2.354 casos suspeitos, 675 descartados e 7 óbitos. Dados estão atualizados até às 13h deste domingo (5).

O sétimo óbito causado pela doença ocorreu neste domingo, em Natal. Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS – Natal), a paciente é uma mulher de 71 anos, com histórico de hipertensão, que esteve em viagem para os Estados Unidos no período de 07 a 18 de março de 2020. Ela começou a apresentar os sintomas da doença no dia 21 de março e buscou um hospital da rede privada no dia 23 de março, tendo dificuldade de respirar, dores no corpo e dor de cabeça.

Mortes no RN

Mossoró: 3 óbitos

Natal: 2 óbitos

Taipu: 1 óbito

Tenente Ananias: 1 óbito

Total: 7 óbitos

Fonte: Agora RN

6 de abril de 2020 - 10:50h

Oficinas e restaurantes às margens das rodovias do RN podem manter funcionamento

Apesar do decreto de quarentena, estabelecido pelo Governo do Rio Grande do Norte por causa da pandemia do coronavírus, restaurantes e oficinas localizadas às margens das rodovias que cruzam o estado podem manter seu funcionamento. A única exigência é que sigam as normas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em nota conjunta do Governo do RN com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e Polícia Rodoviária Federal (PFF), foi destacada a importância da manutenção dos serviços de transporte de cargas e pessoas para o funcionamento do Estado.

“O Governo do Estado e a PRF reforçam que o transporte e entrega de cargas são indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, e que, portanto, são atividades essenciais durante a crise, conforme previsto no Decreto 10.282, de 20 de março de 2020, do Governo Federal e do Decreto Estadual 29.583, de 01 de abril de 2020, onde ambos buscam garantir a manutenção do fluxo de mercadorias, como alimentos, medicamentos, combustível, itens de higiene e outros essenciais à sociedade nesse momento de crise”, explicou a nota.

Para a manutenção do funcionamento, os estabelecimentos precisam seguir as normas da OMS, entre elas manter distância de 1,5m dos clientes e fazer com que o local siga seu funcionamento com ambientes de ventilação natural.

Fonte: Agora RN

2 de abril de 2020 - 9:51h

Reservas hídricas do Rio Grande do Norte chegam a 30% da capacidade total

O Rio Grande do Norte chegou a 30,56% de sua capacidade hídrica total, segundo o Instituto de Gestão das Águas (Igarn). De acordo com o relatório do órgão divulgado nesta segunda-feira (30), o volume de água somado dos 47 reservatórios do estado potiguar atingiu 1.337.632.792 m³.

A capacidade total de armazenamento é de 4.376.444.842 m³ nos açudes monitorados pelo Igarn. Segundo o Instituto, no dia 30 de março de 2019 os reservatórios armazenavam juntos 1.089.084.362 m³, percentualmente 24,88% do volume máximo.

Na tarde deste domingo (29), o açude Apanha Peixe, com capacidade para 10.000.000 m³, localizado em Caraúbas, sangrou. Este é o sétimo reservatório monitorado pelo Igarn a sangrar nesta quadra invernosa. Os outros que já atingiram 100% das suas capacidades são: açude Dourado, localizado em Currais Novos; o açude do município de Encanto; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz; açude Pataxó, localizado em Ipanguaçu; açude Beldroega, localizado em Paraú e Santo Antônio de Caraúbas, localizado em Caraúbas.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório estadual, com capacidade para 2.373.066.510 m³, acumula atualmente 703.757.167 m³, o que corresponde a 29,66% do seu volume máximo.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do RN, com capacidade para 599.712.000 m³, acumula atualmente 169.879.910 m³, percentualmente 28,33% da sua capacidade total.

O Igarn afirma que outro reservatório que vem apresentando “aumento considerável” de volume é a Barragem de Pau dos Ferros, com capacidade para 54.846.000 m³. Atualmente ela está acumulando 12.823.178 m³, o que corresponde a 23,38% do seu volume máximo. Desde dezembro de 2012 o manancial não atingia esse volume acumulado. No final de março de 2019 a barragem acumulava 1.063.028 m³, percentualmente, 1,94% da sua capacidade total.

A barragem Umari, localizada em Upanema, com capacidade para 292.813.650 m³, acumula atualmente 134.102.955 m³, o que representa 45,8% do seu volume máximo de acumulação. O percentual já supera o acumulado do manancial durante todo o inverno do ano passado. No final de março de 2019, o reservatório estava com 108.649.165 m³, percentualmente 37,11% da sua capacidade.

O reservatório Marechal Dutra, também conhecido como Gargalheiras, localizado em Acari, com capacidade para 44.421.480 m³, acumula atualmente 12.545.674 m³, 28,24% do total. No mesmo período de 2019 o Gargalheiras estava seco.

O açude Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz, acumula 1.416.450 m³: 27,46% da sua capacidade total, que é de 5.158.750 m³. No mesmo período de 2019 o reservatório estava com 3.162 m³, percentualmente, 0,06% do seu volume máximo.

Outros reservatórios que já estão com mais de 60% da sua capacidade são: açude Passagem, localizado em Rodolfo Fernandes, com 89,62%; Mendubim, localizado em Assu, com 77,43%; Santana, localizado em Rafael Fernandes, com 66%; Marcelino Vieira, localizado em Marcelino Vieira, com 63,38% e Rodeador, localizado em Umarizal, com 62,14%.

Fonte: G1 RN

31 de março de 2020 - 10:08h

RN tem 839 casos suspeitos e 14 confirmados de coronavírus em 82 municípios

Saltou de 478 para 839 o número de casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte, sendo 20 casos de pessoas residentes em outras regiões do país. Os casos confirmados, no entanto, ainda são 14.
Os dados mais atualizados foram divulgados no início da tarde desta quarta-feira (25) pela Secretaria de Saúde (Sesap).

Ainda de acordo com a Sesap, existem ainda 2 casos prováveis, mas que ainda aguardam o resultado de exames laboratoriais. Outros 104 casos analisados já foram descartados.

Fonte: Agora RN

25 de março de 2020 - 15:50h

Governo do RN antecipa pagamento de aposentados e pensionistas

OGoverno do Rio Grande do Norte iniciará o pagamento do mês de março já nesta quinta-feira (26), antecipando em até cinco dias a última parcela da folha salarial deste mês para aposentados e pensionistas. A intenção é evitar aglomeração em setores de autoatendimento agências bancárias.
Todos os pensionistas e inativos da administração indireta serão os primeiros a receber, com depósito dos salários nesta quinta-feira (26). Na sexta (27) é a vez dos inativos da administração direta, além dos alunos soldados da Polícia Militar.

Os ativos das administrações direta e indireta receberão normalmente de acordo com o calendário de pagamentos estipulado no início do ano, com salários depositados nesta terça-feira (31).

Os R$ 111 milhões do restante da folha correspondem aos 70% restantes dos servidores que recebem acima de R$ 4 mil (valor bruto) e o valor integral aos funcionários lotados em órgãos com recursos próprios.

Quem ganha abaixo deste valor já recebeu seu salário integral no último dia 14, além do adiantamento, também, de 30% a quem recebe acima desse valor e a integralidade do salário para a categoria da Segurança Pública.

Fonte: Agora RN

24 de março de 2020 - 19:28h

Número de casos de coronavírus confirmados no RN sai de 9 para 13

Coronavirus

O número de casos confirmados de coronavírus no Rio Grande do Norte saiu de 9 para 13, conforme divulgou a Secretaria Estadual de Saúde na noite deste domingo (22). Só em Natal são 9 casos, de acordo com a Sesap.

Os casos confirmados estão em três cidades: Natal (9), Parnamirim (3) e Mossoró (1).

Fonte: Agora RN

22 de março de 2020 - 22:17h

Governo do RN amplia teletrabalho para servidores públicos

Como meio de prevenir o contágio pelo novo coronavírus, o Governo do Estado está ampliando as possibilidades de teletrabalho para os servidores públicos estaduais. A medida, que altera o decreto nº 29.512 publicado no dia 13, autoriza secretários de Estado e gestores de entidades públicas estaduais a liberarem servidores, estagiários, bolsistas, terceirizados e demais colaboradores para realizarem o teletrabalho enquanto durar o estágio de pandemia.
A liberação prioriza a tramitação dos processos para quem estiver dentro do grupo de risco ou tiver convivência com pessoas na mesma situação. A lista inclui pessoas com mais de 60 anos, portadores de doenças respiratórias ou cardíacas crônicas, gestantes, lactantes, com filho menor de 12 anos, diabetes, hipertensas, imunodeprimidas, em tratamento contra o câncer ou que utilizem transporte público no percurso entre a casa e o trabalho.

Para serem liberados do trabalho presencial, os colaboradores precisam preencher um formulário, que consta anexo ao decreto, apresentando as razões do pedido. O decreto ressalva que a liberação dos servidores se faz necessária dentro do resguardo para que o número de pessoas mantidas em atividade presencial seja suficiente para a prestação do serviço público.

Fonte: Agora RN

22 de março de 2020 - 15:49h