Primeiro caso suspeito de coronavírus é registrado em Currais Novos

A Secretaria Municipal de Saúde de Currais Novos informa à população que recebeu hoje a tarde, o primeiro caso SUSPEITO de Coronavírus (COVID-19).

Paciente é do sexo masculino, tem 31 anos, sem histórico de viagem para áreas de risco, mas com histórico de contatos com amigos de Natal.

Paciente teve exame de isolamento viral coletado, fez hemograma, foi medicado pelo médico, orientado pela equipe e será enviado para isolamento e quarentena domiciliar, onde irá aguardar o resultado dos exames.

Mais uma vez pedimos à população que redobrem os cuidados de higiene e, sobretudo, fiquem em suas casas, evitando o máximo possível deixar suas residências e evitem também contato físico com outras pessoas.

A Secretaria de Saúde do Município continua a postos seguindo todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde Estadual.

Vamos colaborar com os profissionais da saúde da nossa cidade seguindo todas as orientações.

A Prefeitura de Currais Novos reforça que manterá total transparência e não omitirá informações em relação ao coronavírus e quaisquer outros assuntos relacionados à saúde pública.

Estará emitindo boletins regulares atualizando com todas as notícias.

A população deve buscar os canais oficiais para se informar corretamente, evitando a propagação de notícias falsas (fake news).
O melhor remédio é a prevenção.

Fonte: Assecom

24 de março de 2020 - 18:21h

Lacen passa a fazer teste do coronavírus no RN; prazo para resultado diminui para até 72 horas

Desde a última sexta-feira (21), quando começou a fazer testes para o novo coronavírus – o Covid-19 – o Laboratório Central do Rio Grande do Norte realizou 63 análises, das quais 11 deram positivo. Com o início dos exames no estado, o tempo estimado para resultado sair caiu de 10 dias para até 72 horas, ou três dias. A quantidade de kits para fazer o teste, no entanto, é limitada. O estado recebeu 100 do Ministério da Saúde. Restam pouco menos de 40, mas a expectativa é que outras remessas sejam enviadas semanalmente. A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) não sabe quando nem quantos novos kits deverão ser enviados.

Até a semana passada, o Rio Grande do Norte não fazia testagem para o novo coronavírus, mas podia fazer testes para outras doenças. O protocolo funcionava da seguinte maneira: o paciente com febre, tosse seca e que viajou ao exterior ou teve contato com pessoas que estiveram em outros países ou tiveram contato com pessoas com suspeita ou infectadas era considerado um caso suspeito e submetido a coleta da amostra laboratorial, encaminhada ao Lacen do RN.

Fonte: Blog do BG

23 de março de 2020 - 16:26h

Existe só um médico infectologista para cada 31 mil pessoas no RN

O avanço do novo coronavírus por todo o Brasil acende o alerta para as fragilidades do sistema de saúde para atender aos casos graves decorrentes da epidemia. No Rio Grande do Norte, por exemplo, um dos problemas será o de contar com a presença de médicos infectologistas. Apenas 108 dos 64.289 profissionais médicos que atuam em estabelecimentos públicos ou privados do Estado têm esta formação específica.
O número de infectologistas representa apenas 0,16% dos médicos no Rio Grande do Norte. Os dados são levantamento de fevereiro de 2020 do Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde do Brasil (CNES), do Ministério da Saúde. Do total de profissionais, 83 atuam no setor público e 26 em unidades privadas. Além disso, com uma população estimada em 3,4 milhões de pessoas, a proporção é de um infectologista para cada grupo de 31 mil pessoas.

Os dados oficiais mostram ainda que apenas sete cidades têm médicos infectologistas atuando em estabelecimentos de saúde – Caicó, Macaíba, Mossoró, Natal, Parnamirim e Santa Cruz e São José de Mipibu. A cidade do Natal concentra a maior parte dos profissionais especializados em doenças infectocontagiosas no Rio Grande do Norte. A capital tem 85 dos 108 listados. Isso se explica porque a cidade tem a única unidade hospitalar pública especializada neste tipo de enfermidade: o Hospital Giselda Trigueiro.

Outro problema que se avizinha com a corrida dos governos estaduais e municipais para aumentar a disponibilidade de leitos também enfrenta outras questões, além da falta de médicos, como a ausência de equipamentos importantes para o tratamento de pacientes, principalmente os respiradores mecânicos.

Ainda segundo dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, apenas 15% dos respiradores disponíveis nos hospitais do Rio Grande do Norte estão na rede pública. Do total de 728 aparelhos em uso no Estado, somente 111 podem ser utilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O aparelho mecânico é essencial para os doentes que desenvolve dificuldade de respirar. Este, por sinal, é um dos sintomas mais graves para os pacientes infectados pelo novo coronavírus. Do total de respiradores em hospitais públicos, 25 deles estão em Natal. Hospital Giselda Trigueiro, em Natal: referência para doenças infecciosas no RN.

Ainda de acordo com o CNES, apenas 43 dos 167 municípios potiguares têm hospitais com ao menos um respirador. Deste total, 30 cidades tem apenas um único aparelho em funcionamento. De acordo com uma análise da Organização Mundial de Saúde (OMS), feita a partir do estudo de mais de 50 mil casos da doença, 80% dos infectados desenvolvem sintomas leves (febre, tosse e, em alguns casos, pneumonia), 14% sintomas severos (dificuldade em respirar e falta de ar) e 6% doença grave (insuficiência pulmonar, choque séptico, falência de órgãos e risco de morte).

Em todo o Brasil, só 9,5% dos respiradores disponíveis em hospitais do país estão na rede pública. O país tem 61 mil respiradores, mas apenas 5.846 estão disponíveis no SUS. O estado do Amapá é o que registra o menor número de equipamentos: 11 na rede pública.

Fonte: Agora RN

23 de março de 2020 - 16:16h

Número de casos de coronavírus confirmados no RN sai de 9 para 13

Coronavirus

O número de casos confirmados de coronavírus no Rio Grande do Norte saiu de 9 para 13, conforme divulgou a Secretaria Estadual de Saúde na noite deste domingo (22). Só em Natal são 9 casos, de acordo com a Sesap.

Os casos confirmados estão em três cidades: Natal (9), Parnamirim (3) e Mossoró (1).

Fonte: Agora RN

22 de março de 2020 - 22:17h

Covid-19: autônomos tentam manter negócios apesar de restrições

Delivery de comida

A pandemia de coronavírus afastou clientes de restaurantes, fechou escolas e academias e deixou em situação mais desesperadora quem é autônomo, ou seja, não tem um salário fixo, ganha pelo serviço que oferece. É a diarista, o personal trainer, o dono da floricultura, da lanchonete.

Preocupados com essa categoria, o movimento nas redes sociais #compredopequeno, que incentiva que os consumidores busquem produtos locais para incentivar a economia e garantir renda aos microempreendedores, ganhou uma nova nuance. Quem é assalariado está sendo chamado nas redes sociais a ajudar os pequenos produtores a ter pelo menos parte da renda no fim do mês.

A fotógrafa de Brasília, Bárbara Borges, achou melhor desistir de alguns serviços para evitar aglomerações e qualquer chance de propagação do covid-19. “Eu já me preparei para ficar em casa por 3 meses e sei que vou fazer dívida. Eu prefiro esse cenário de dívidas do que comprometer a saúde da minha família e dos meus clientes.”

Ela ressaltou que se preocupa com o descaso da população em geral com a possibilidade de agravamento do quadro atual. “Fui uma das primeiras do segmento a tomar essa medida mesmo tendo grandes impactos econômicos na minha vida. Mas antes precisar diminuir meu padrão de vida do que aumentar o risco em outras pessoas como meus pais e pais de outros”, conta.

Fonte: Agência Brasil

22 de março de 2020 - 15:45h

Anac lança formulário para ajudar brasileiros a voltar para o país

Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão

A partir deste domingo (22), a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) disponibiliza um formulário online para receber informações de brasileiros que têm passagem aérea comprada e não estão conseguindo voltar para o Brasil.

O cadastro de viajantes servirá de base para que autoridades brasileiras possam viabilizar o retorno ao país de viajantes brasileiros e estrangeiros autorizados que tiveram seus voos cancelados em países que estão com restrições para deslocamento aéreo.

Entre as 15 perguntas do formulário, a agência reguladora mapeia a localidade do viajante e se ele está em grupo. O questionário também pergunta a cidade para onde o interessado deseja retornar para o Brasil e qual a sua companhia aérea.

Fonte: Agência Brasil

22 de março de 2020 - 15:43h

Ministro da Saúde sugere adiamento das eleições por conta do coronavírus: ‘Vai ser uma tragédia’

Em teleconferência com prefeitos neste domingo, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recomendou o adiamento das eleições deste ano. Mandetta disse que esse é o momento de o Congresso Nacional tratar o assunto, para que o combate à crise do coronavírus não seja contaminado pela ação política.

O ministro fez a sugestão ao responder ao questionamento do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB). Coutinho pediu a liberação de recursos que, segundo ele, estariam sendo represados pelo estado do Pará, governado por Helder Barbalho (MDB).

— Estou alertando que todos vocês precisam, com todas as diferenças políticas, (se entender). Aliás, eu faço aqui até uma sugestão para vocês discutirem. Está na hora de o Congresso olhar e falar: “olha, adia (as eleições)”. Faça um mandato tampão desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano vai ser uma tragédia. Vai todo mundo querer fazer ação política. Eu sou político. Não esqueçam disso — disse Mandetta.

Nesta quinta-feira, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, que presidirá o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir de maio, declarou que não cogita adiar as eleições municipais, marcadas para outubro em todo o país. Ele acredita que, até a data das votações, a situação de pandemia por coronavírus no país já estará normalizada.

No mesmo dia, o TSE afirmou que manterá o prazo para filiação partidária no dia 4 de abril, de acordo com o calendário eleitoral. A assessoria do Tribunal informou que não há, até o momento, qualquer indicativo para alteração nas datas do processo eleitoral deste ano, apesar de declarada a pandemia.

Na reuniao, Mandetta indicou ainda que é preciso ter um diálogo aberto e eficiente entre os entes da federação.

— Nós não podemos (repassar recursos) de forma desintegrada. Eu faço de um jeito, vocês de outro. Se não daqui a pouco vocês vão estar pagando mais para um médico de hospital A, menos para o hospital B. Tira enfermeiro de lá e traz para cá. Assim vai haver bateção de cabeça. Eu vou descentralizar e fazer com que vocês trabalhem o máximo liberdade — disse Mandetta.

Fonte: O Globo

22 de março de 2020 - 15:39h

Chega a 11 o número de morte no Brasil pelo coronavírus

O Brasil já tem confirmadas 11 mortes em razão do novo coronavírus, segundo os dados divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde no fim da tarde desta sexta (20).

Das 11 mortes, nove foram registradas em São Paulo –onde o Ministério da Saúde, até agora, contabiliza apenas quatro mortes– e duas no Rio de Janeiro.

Ao todo, o país tem 793 casos confirmados do novo coronavírus em 23 estados e no Distrito Federal.

Fonte: O Antagonista

20 de março de 2020 - 19:29h

Prevenção do coronavírus: decreto no RN limita acesso de pessoas por família em supermercados

Confira as novas medidas restritivas que o governo do RN publicará nesta sexta-feira(20), para estabelecimentos comerciais, por prevenção ao coronavírus:

1) Bares, Restaurantes, praças de alimentação (inclusive food truck) – fechar totalmente o atendimento ao público por 5 dias, à ser reavaliado na próxima terça-feira, ressalvados os serviços de delivery e de retirada pelo cliente, no estabelecimento – Já comunicado ao presidente da ABRASEL/RN;

As medidas abaixo terão validade até o DIA 02 DE ABRIL, data em que faremos a reavaliação do funcionamento das escolas. De forma a unificar as possíveis prorrogações de prazos, caso sejam necessárias

2) Transporte coletivo intermunicipal – Vedar totalmente o funcionamento de linhas de ônibus, durante os finais de semana e reduzir em 50% o número de linhas durante os dias de semana (exceto a região metropolitana de Natal, que funcionarão com a mesma frota do período de férias) e o número de passageiros limitado ao número de cadeiras. Os ônibus deverão transitar com ventilação natural, ficando vedada a utilização do ar-condicionado – já comunicado ao presidente da FETRONOR, Sr. Eudo Laranjeiras;

3) Proibir acesso ao público nos shoppings centers com sistema de ar condicionado central

4) Determinar o fechamento de Academias (mesmo tratamento das escolas), casa de recepções, teatros, cinemas, lojas maçônicas, igrejas e templos religiosos e ambientes correlatos

5) Proibir atendimento ao público nas agências bancárias

6) Os transportes por taxis e aplicativos deverão transitar com ventilação natural (recomendação)

7) Fechamento Das Centrais do Cidadão para atendimento ao público

8) Proibir transporte coletivo interestadual, inclusive o turismo terrestre interestadual ou intermunicipal

9) Supermercados – Os supermercados deverão afixar cartazes de controle de acesso com recomendações de acesso de 01 pessoa por família, de preferência fora do grupo de risco, e limitar o número de clientes a 01 pessoa por vez, por cada 5m² da loja

20 de março de 2020 - 16:08h