Israel e Rodolffo são acusados de apologia ao estupro em nova música: “Me atiçou, vai ter que dar”

‘Dar uma namorada” foi lançada na última sexta-feira (19) e faz parte do álbum “Ao Vivo em Brasília” que conta a participação da Juliette em uma das músicas.

O tema do “hit” foi criticado no fim de semana pela psicanalista e feminista Manuela Xavier, por meio do Instagram. A também doutora em psicologia criticou: “Essa música, escrita hoje em 2021, com uma mentalidade de 1920, diz que se a mulher for estuprada, a culpa é dela, porque ela atiçou. Qualquer semelhança com ‘qual a roupa que ela estava usando’, ‘mas ela estava fazendo doce’ não é mera coincidência”, disse Manuela.

Rodolffo usou a publicação de Manuela para defender e rebater a crítica:

“Boa noite, Manuela. Tudo bem?? Olha, primeiramente eu acho que você está exagerando nas observações, pois a gente faz música para homem e para mulher, uma mulher pode cantar para um homem essa letra, ela é unissex. É uma música alegre, descontraída, para as pessoas se divertirem cantando. Sou totalmente a favor da causa, estou com você. Agora vir criticar o meu trabalho induzindo as pessoas a pensarem que é uma música machista, não. Foi feita para a mulher cantar também”.

O clipe com a música está em quinto lugar no Youtube.

23 de novembro de 2021 - 9:14h