Polícia prende DJ Ivis em casa por agressões contra ex-mulher Pamella Holanda

O cantor Iverson de Souza Araújo, DJ IVIS foi preso nesta quarta-feira (14) após os vídeos de agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, serem divulgados por ela nas redes sociais. A prisão aconteceu em um condomínio de luxo em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza .

DJ Ivis foi encaminhado para a Delegacia Metropolitana do Eusébio, na Grande Fortaleza, que investiga o caso. Ele chegou por volta das 18h e, às 19h, foi levado para a Perícia Forense, onde passará por exame de corpo de delito.

A prisão preventiva havia sido pedida na terça feira (13) pela Polícia Civil, e concedida na tarde de ontem pela Justiça. O governador Camilo Santana confirmou a prisão do artista por meio das redes sociais.

Até esta quarta, pelo menos 10 pessoas tinham sido ouvidas pela polícia na investigação do caso de lesão corporal no contexto de violência doméstica contra Pamella Holanda.

O caso é acompanhado pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil.
Logo após a divulgação dos vídeos, DJ Ivis foi demitido da produtora pela qual era contratado, gerenciada pelo cantor Xand Avião.

Pamella afirmou na terça-feira (13), em entrevista ao “Encontro com Fátima Bernardes”, que foi agredida pelo músico porque amamentou a filha quando estava diagnosticada com Covid-19. Pamella afirmou que foi orientada por seus médicos a seguir amamentando a criança, mas o cantor era contra.

Especialistas inclusive, afirmam que não há evidência de que o leite materno transmite o vírus da Covid. Mulheres com suspeita ou confirmação podem manter a amamentação, desde que sigam recomendação de higiene e dos seus médicos.

15 de julho de 2021 - 13:19h