Internações de jovens crescem até 500% no Brasil

Médicos fazem treinamento no hospital de campanha para tratamento de covid-19 do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

A Covid-19 rejuvenesceu no Brasil. Se em 2020 os mais afetados eram dos grupos de risco, principalmente entre os mais velhos, em 2021 o coronavírus passou a atingir e matar muito mais entre os jovens. É o que uma análise da Fiocruz confirmou: as internações de adultos e jovens por Covid explodiram, crescendo num ritmo muito mais acelerado do que no resto da população.

Entre o começo de 2021 e março, as hospitalizações cresceram 300% no Brasil. Entre pessoas de 40 a 49 anos, esse índice foi quase o dobro. Nas faixas de 30 a 39 anos e de 50 a 59 anos, ficou acima de 500%. Hoje, uma em cada cindo pessoas com Covid internadas em UTIs no país tem entre 18 e 44 anos, segundo a Associação Brasileira de Medicina Intensiva.

30 de março de 2021 - 10:14h