Chegam as primeiras doses da Vacina contra Covid-19 em Currais Novos

A cidade de Currais Novos recebeu na tarde desta terça-feira (19) as primeiras doses da vacina contra a Covid-19.

As 495 doses iniciais, que serão destinadas na imunização dos trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas), além dos vacinadores, foram alocadas no Campus do IFRN da cidade de Currais Novos, em uma sala preparada especificamente para esse fim, de onde serão distribuídas aos Postos de Vacinação do munícipio.

“Se tudo transcorrer conforme o nosso planejamento, as primeiras imunizações acontecerão nesta quarta-feira (20). Estamos com tudo pronto. Teremos a disposição 11 salas de vacinação, mais 3 volantes para atender nossa zona rural. Temos também a disposição 4 câmaras frias, mais a disponibilização da estrutura do IFRN que será nossa central da vacina Covid. Temos ainda em estoque 23 mil seringas. E nossos vacinadores estão finalizando a capacitação”, comentou a Secretária Alana Moraes.

“O município de Currais Novos tem lutado incansavelmente para combater COVID-19, onde realizamos grandes mobilizações na primeira onda de contaminação. Agora nessa segunda onda implantamos um centro de coleta do COVID 19 na antiga sede do SAMU, e adquirimos mais de 4,5 mil testes swab rápido, testes esses que com três ou quatro dias de ter iniciado os sintomas ele já confirma no exame a contaminação por Covid-19, facilitando a descoberta e o isolamento das pessoas. Recentemente temos acompanhado o aumento de casos e internações e com isso o município vem planejando novas estratégias de ação para buscar o apoio da população nesse combate”, comentou o Prefeito Odon Júnior.

De acordo com a Nota Técnica emitida pela Sesap na manhã desta terça-feira (19), a população alvo e quantidade de doses disponíveis nesta primeira etapa priorizam os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito da doença. O escalonamento desses grupos teve como critério a disponibilidade das doses de vacina Coronavac após a liberação do uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Ministério da Saúde destinou para o Rio Grande do Norte, no primeiro momento, um total de 82.440 doses. Neste cenário, considerando as duas doses para completar o esquema vacinal e o percentual de perda operacional de 5%, estima-se vacinar nesta primeira etapa 39.259 pessoas em todo o Estado, priorizando os seguintes grupos: trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência, além dos vacinadores.

Ainda de acordo com a nota técnica da Secretaria Estadual, a fase 1 não será encerrada com esse quantitativo de doses recebidas (82.440 doses), sendo uma previsão inicial 239 mil doses para a fase 1, que não foram enviadas pelo Ministério da Saúde nesse primeiro momento. Logo que for finalizada esta primeira fase, a Sesap dará início à vacinação dos demais grupos prioritários que estão nas fases 2 e 3,  a partir da disponibilidade de doses. Em seguida, virão os demais grupos prioritários e após estes, a população em geral.

A previsão do Ministério da Saúde é que a vacinação completa dure 16 meses até atingir toda a população brasileira.

20 de janeiro de 2021 - 6:43h