Casos de Covid no Rio Grande do Norte voltam a crescer, a Sesap nega 2ª onda

Após um período de crescimento exponencial, queda e estabilização, a pandemia da covid-19 rompeu o oitavo mês no Rio Grande do Norte com um novo aumento de casos observado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Na última quinzena, a média de infecção passou de 238 novos casos por dia para 263, segundo a Sesap informou na quarta-feira (18). O aumento é de 10% no período, mas a pasta não considera que o Rio Grande do Norte esteja em uma segunda onda da pandemia.

Segundo a Subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap/RN, Alessandra Lucchesi, a média de novos casos cresceu após dois meses de estabilização, mas que não se configura “um crescimento exponencial” que possa ser chamado de “segunda onda”.

Nesse caso, a segunda onda no Estado seria a partir de uma média de pelo menos 420 casos por dia. Isso porque durante o pico da pandemia, o observado foi uma média de 900 casos/dia. Com o período de estabilização, em torno de 200 casos/dia, o cálculo seria 60% sobre a diferença entre o pico e a ‘base’ da curva.

Ainda não há recomendações da Secretaria à governadora Fátima Bezerra no sentido de fechamento das atividades econômicas, reabertas a partir de julho. A estratégia atual é mapear os casos confirmados para interromper a contaminação e testar o máximo possível.

20 de novembro de 2020 - 9:16h