Bombeiros de Natal reforçam combate a incêndio florestal que passa de cinco dias no Seridó

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, através da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO), enviou, na manhã desta segunda-feira (28), reforços para combater o incêndio florestal na zona rural do município de Serra Negra do Norte, Região Seridó do estado. 

Desde a última quarta-feira (23), os Bombeiros estão atuando para conter as chamas na Serra Negra do Norte. De acordo com informações da Corporação, o fogo está concentrado em uma área de difícil acesso e não há povoações no local.

No total, 22 bombeiros militares que atuam na capital e região foram deslocados para a ocorrência.

Durante as instruções repassadas para a tropa ainda no Pátio do Comando Geral, em Natal, o tenente-coronel Santos Lima abordou sobre a aplicação do Procedimento Operacional Padrão de Incêndios Florestais de Grande Porte (POP), material desenvolvido pela própria Diretoria de Engenharia e Operações, que visa a segurança e manejo durante as ocorrências envolvendo incêndios florestais.

A vegetação seca, os ventos fortes e as temperaturas elevadas têm potencializado os incêndios florestais no estado, principalmente na Região Seridó. Nesse sentido, a Corporação recomenda que a população suspenda a prática de queima de lixo nas proximidades da vegetação para evitar o risco de novos focos de incêndio.

Somente no mês de agosto foram registrados mais de 200 incêndios no Rio Grande do Norte. Um deles, na Serra da Capelinha, no município de Parelhas, Região Seridó do estado, há um mês teve duração de quatro dias e mais de 400 hectares foram devastados pelo fogo.

29 de setembro de 2020 - 7:18h