Após matar homem em acidente, motorista embrigado é espancado junto com o pai e o tio na Grande Natal

O motorista que matou um homem em um acidente na Grande Natal nesta quinta (5), o pai dele, que ia no banco do passageiro, e um tio foram espancados após a colisão. O tio está em situação grave, internado na UTI do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o condutor estava embriagado e está preso.

Um homem morreu e duas pessoas ficaram feridas no acidente, que aconteceu na BR-101, na altura do bairro Boa Esperança em Parnamirim. João Batista da Silva, de 46 anos, morreu após ser atropelado. Ele era carregador e aguardava no local um caminhão chegar para ir trabalhar.

A PRF disse que o Voyage que causou o acidente vinha do centro de Parnamirim em direção à rodovia, perdeu o controle e bateu em um carrinho de lanches que estava em frente a uma parada de ônibus. Outro veículo, um Mille, também foi atingido.

O condutor do Voyage apresentava sinais de embriaguez. Ele seguia com o pai no automóvel. Depois da colisão, os dois apanharam de pessoas que estavam presenciaram o acidente. O carro também foi depredado.

Um tio do motorista passava pelo local, viu a situação e reconheceu os parentes. O homem foi tentar ajudar os dois, porém também foi espancado. Ele foi agredido com uma pedrada na cabeça e teve fraturas nas costelas e no braço. Pessoas filmaram toda a situação.

A delegada Renata Costa, que investiga o caso, disse que é difícil identificar os agressores, porque a tentativa de linchamento foi na rua, no meio da BR-101. Mas afirmou que os vídeos serão analisados pela Polícia Civil nas investigações das agressões.

Fonte: G1 RN

6 de dezembro de 2019 - 7:03h