Ipec, votos válidos: Lula, 51%; Bolsonaro, 37%

Foto: Reprodução

O Ipec divulgou neste sábado (1º) sua mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Encomendada pela Globo, a sondagem é a última realizada pelo instituto antes do 1º turno, que acontece neste domingo (2).

Lula (PT): 51% (tinha 52% no levantamento anterior do Ipec, de 26 de setembro)
Jair Bolsonaro (PL): 37% (tinha 34% no levantamento anterior)
Ciro Gomes (PDT): 5% (tinha 6% no levantamento anterior)
Simone Tebet (MDB): 5% (tinha 5% na pesquisa anterior)
Soraya Thronicke (União Brasil): 1% (tinha 1% no levantamento anterior)
Felipe d’Avila (Novo): 1% (tinha 1% no levantamento anterior)
A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Não é possível afirmar se haverá segundo turno, diz o Ipec.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Foram entrevistadas 3008 pessoas, entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro, em 183 municípios. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-00999/2022.

g1

1 de outubro de 2022 - 23:22h

Datafolha, votos válidos: Lula 50%; Bolsonaro 36%

Foto: Reprodução

O Datafolha divulgou neste sábado (1º) sua mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Encomendada pela Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”, a sondagem é a última realizada pelo instituto antes do 1º turno, que acontece neste domingo (2).

Lula (PT): 50% (tinha 50% no levantamento anterior do Datafolha, de 29 de setembro)
Jair Bolsonaro (PL): 36% (tinha 36% no levantamento anterior)
Simone Tebet (MDB): 6% (tinha 5% na pesquisa anterior)
Ciro Gomes (PDT): 5% (tinha 6% no levantamento anterior)
Soraya Thronicke (União Brasil): 1% (tinha 1% no levantamento anterior)
A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

De acordo com o Datafolha, segue indefinida a possibilidade de haver ou não segundo turno.

g1

1 de outubro de 2022 - 23:19h

Pesquisa Ipec no RN, votos válidos: Fátima Bezerra tem 61%; Styvenson, 18% e Fábio Dantas, 17%

Imagem: reprodução/InterTV

Pesquisa do Ipec encomendada pela Inter TV Cabugi, divulgada neste sábado (1º), mostra a corrida eleitoral para o cargo de governador do Rio Grande do Norte em votos válidos.

A atual governadora e candidata à reeleição Fátima Bezerra (PT) lidera a disputa no primeiro turno com 61% das intenções, seguida por Capitão Styvenson (Podemos), com 18% e Fábio Dantas (Solidariedade) com 17%. Veja mais abaixo o resultado com todos os candidatos.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

A pesquisa ouviu 800 pessoas entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro em 35 municípios potiguares. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número RN-04452/2022.

Votos válidos

Fátima Bezerra (PT): 61% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 60%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 59%)
Capitão Styvenson (Podemos): 18% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 19%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 24%)
Fábio Dantas (Solidariedade): 17% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 12%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 10%)
Clorisa Linhares (PMB): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 2%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 4%)
Rosália Fernandes (PSTU): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 4%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Bento (PRTB): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 1%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Danniel Morais (PSOL): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 1%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Rodrigo Vieira (DC): 0% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 2%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Nazareno Neris (PMN): 0% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 0%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 0%)
Votos Totais

Fátima Bezerra (PT): 55% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 46%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 49%)
Capitão Styvenson (Podemos): 16% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 15%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 20%)
Fábio Dantas (Solidariedade): 16% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 9%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 8%)
Clorisa Linhares (PMB): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 2%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 3%)
Rosália Fernandes (PSTU): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 3%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Bento (PRTB): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 1%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Danniel Morais (PSOL): 1% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 1%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Rodrigo Vieira (DC): 0% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 1%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 1%)
Nazareno Neris (PMN): 0% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, estava com 0%. Na segunda, do dia 9 de setembro, com 0%)
Brancos ou Nulos: 7% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, eram com 15%. Na segunda, do dia 9 de setembro, 9%)
Não sabem ou preferem não opinar: 2% (na primeira pesquisa, de 22 de agosto, eram 7%. Na segunda, do dia 9 de setembro, 7%)
g1-RN

1 de outubro de 2022 - 23:17h

PRF inicia a Operação Eleições 2022

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira (28) a primeira Fase da Operação Eleições 2022 em todo o Brasil. No primeiro turno, a etapa se estenderá até o dia 03 de outubro.

O policiamento será reforçada com o objetivo de garantir a segurança do direito ao voto, a fluidez no trânsito das rodovias federais e o combate aos mais diversos crimes, principalmente os eleitorais, como boca de urna, corrupção, transporte irregular de eleitores e compra de votos, que porventura possam ocorrer em trechos de rodovias federais.

Na fiscalização de trânsito, infrações como o transporte irregular de passageiros, embriaguez ao volante e ultrapassagens indevidas estarão no foco da PRF para evitar a ocorrência de acidentes graves durante o período de maior movimentação nas estradas.

Estas ações serão realizadas em conjunto com outros órgãos e serão monitoradas em tempo real por meio do Centro de Comando e Controle Nacional (C3N) na Sede Nacional em Brasília, e contando com o apoio de gabinetes de crise mobilizados em todos os estados.

Portal da Tropical

29 de setembro de 2022 - 10:24h

Eleições 2022: Confira a agenda dos candidatos ao governo do RN nesta quinta-feira (29)

Foto: Reprodução

Os candidatos seguem com a campanha eleitoral nesta quarta-feira (28). Confira a seguir os compromissos dos postulantes ao governo do Rio Grande do Norte.

Confira:

ANTÔNIO BENTO (PRTB)

9h – Visita no bairro Pajuçara, em Natal
14h – Visita no bairro Potengi, em Natal

CLORISA LINHARES (PMB)

7h20 – Carreata em Mossoró
14h30 – Reunião em Mossoró

DANNIEL MORAIS (PSOL)

5h – Gravação para mídias sociais
15h – Caminhada na comunidade da Guarita, no Alecrim

FÁBIO DANTAS (SOLIDARIEDADE)

8h – Visita feira livre em Nova Cruz
9h30 – Participa de entrevista em rádio de Nova Cruz
16h – Carreata e comício em Natal

FÁTIMA BEZERRA (PT)

Não informou

NAZARENO NERIS (PMN)

Não informou

RODRIGO VIEIRA (DC)

Reuniões e panfletagens em Mossoró, Serra do Mel, Areia Branca, Grossos, Governador Dix-sept Rosado, Felipe Guerra, Baraúna e Tibau.

ROSÁLIA FERNANDES (PSTU)

6h – Panfletagem nas proximidades da estação de trem da Ribeira
9h – Acompanha assembleia dos trabalhadores da Saúde, no sindicato dos bancários
16h – Corpo a corpo com eleitores no centro Ceará-Mirim
18h – Panfletagem com trabalhadores da educação em Ceará-Mirim

STYVENSON VALENTIM (PODEMOS)

Não informou

29 de setembro de 2022 - 10:23h

Mega-Sena acumula de novo, e prêmio vai a R$ 300 milhões, um dos maiores da história

Foto: Rodrigo de Oliveira

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2.524 da Mega-Sena. O prêmio acumulou pela 14ª vez seguida e, para o sorteio que acontece no sábado (1º), o valor previsto é de R$ 300 milhões.

O valor é o mesmo sorteado na Mega da Virada em 31 de dezembro de 2020 e é uma das maiores premiações da história da Mega-Sena.

Veja as dezenas sorteadas: 03 – 20 – 22 – 37 – 41 – 43.

404 apostas acertaram as cinco dezenas e ganharam R$ 43.914,62. Outros 30.194 apostadores acertaram quatro números e vão levar R$ 839,40.

g1

29 de setembro de 2022 - 10:21h

Lula tem 47% contra 37% de Bolsonaro, diz Exame/Ideia

Foto: Reprodução

Pesquisa Exame/Ideia divulgada nesta quinta-feira (29.set.2022) diz que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) abriu 10 pontos percentuais de vantagem em relação ao presidente Jair Bolsonaro (PL) no 1º turno das eleições. No último levantamento, há pouco mais de 1 mês, a diferença era de 8 pontos.

O candidato petista recebeu 44% das intenções de voto, contra 34% de Bolsonaro. Na pesquisa Exame/Ideia anterior, divulgada em 25 de agosto, Lula tinha 44% e Bolsonaro, 36%.

O ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) aparece com 6%, seguido pela senadora Simone Tebet (MDB), com 5%.

Leia como todos os candidatos pontuaram:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT): 47%;
Jair Bolsonaro (PL): 37%;
Ciro Gomes (PDT): 6%;
Simone Tebet (MDB): 5%;
Felipe d’Ávila (Novo): 0,4%;
Vera Lúcia (PSTU): 0,2%;
Soraya Thronicke (União Brasil): 0,2%;
Eymael (DC): 0,1%;
Sofia Manzano (PCB): 0,1%;
Léo Péricles (UP): 0,1%;
Padre Kelmon (PTB): 0,1%.
Votos brancos e nulos, e eleitores que disseram que não votarão em nenhum dos candidatos somam 1%. Os que não sabem são 3%.

O levantamento ouviu 1.500 pessoas de 23 a 28 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, em um intervalo de confiança de 95%. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-09782/2022.

Poder360

29 de setembro de 2022 - 10:20h

Eleitor pode ir votar de verde e amarelo, bandeiras e adesivos; veja o que está proibido

Foto: Reprodução

Na data do pleito também é permitido que o eleitor se manifeste de forma individual e silenciosa por determinado partido político, coligação ou candidato. Essa manifestação pode ser feita por meio da utilização de bandeiras, broches, dísticos e adesivos. Contudo, é importante evitar aglomerações, pois elas estão vetadas até o final do horário de votação, que vai das 8h às 17h.

Propaganda realizada por cabos eleitorais e demais ativistas no dia da eleição com o intuito de promover e pedir votos para determinados candidatos ou partido político é proibida.

Quem for pego praticando boca de urna está sujeito à pena de detenção, que pode variar de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade e multa no valor de até R$ 15.961,50. As penalidades podem ser aplicadas tanto para eleitores quanto para representantes de partidos ou candidatos.

Também é proibido até o término do horário de votação qualquer ato que caracterize manifestação coletiva, com ou sem a utilização de veículos. A lista de proibições também engloba a formação de aglomerações de pessoas utilizando roupas padronizadas, o uso de alto-falantes e amplificadores de som, bem como a promoção de comício ou carreata.

Tanto servidores da Justiça Eleitoral quanto mesárias e mesários que ficam nas seções eleitorais, assim como as juntas apuradoras, estão impedidos de usar roupas e objetos que contenham qualquer propaganda partidária, de coligação e de candidata ou candidato.

Metrópoles

29 de setembro de 2022 - 10:17h

Candidatos do Prouni têm até esta quarta-feira para se inscrever na lista de espera

Foto: Agência Brasil

O Programa Universidade para Todos (Prouni) encerra nesta quarta-feira (28) as inscrições na lista de espera para candidatos que não foram pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas do programa. Para se inscrever na lista, é preciso acessar a página do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC).

O resultado da lista de espera será divulgado no dia 3 de outubro. Os selecionados nesta fase precisarão comprovar suas informações de 3 a 7 de outubro.

O Prouni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. “O Programa conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo”, informa o ministério.

Agência Brasil

28 de setembro de 2022 - 15:11h

Rio Grande do Norte terá Lei Seca nas eleições deste ano

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Rio Grande do Norte terá Lei Seca 1h antes e 1h depois no dia das eleições estaduais e presidenciais de 2022. A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) nesta terça-feira (27).

De acordo com a secretaria, uma portaria será publicada para oficializar a informação. No entanto, a data da portaria não foi definida ainda pelo Governo.

A proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas será uma hora antes de se iniciar a votação, ou seja, às 7h, e uma hora após o término do pleito, às 18h, em locais públicos.

O propósito é inibir a violência e evitar que o eleitor compareça à urna em estado de consciência alterado. Até o momento, cinco estados vão adotar Lei Seca nas eleições presidenciais de 2022 ( Rio Grande do Norte, Amazonas, Roraima, Maranhão e Mato Grosso do Sul).

Tribuna do Norte

28 de setembro de 2022 - 15:09h